terça-feira, 16 de agosto de 2011

Herdeiros



Se somos filhos [de Deus], então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo.
Romanos 8.17
Quando você entende que Deus tomou você, um ofensor milagrosamente perdoado, e o fez filho dele em sua própria família, então não há palavras para expressar o que Isaac Watts chamou de o “amor sem medida” de Deus. Você dirá como Charles Wesley:

Oh, como eu poderia contar a bondade,
Pai, que tu tens demonstrado a mim?
Que eu, um filho da ira e do inferno,
Eu pudesse ser chamado filho de Deus!

Deus nos adota por amor espontâneo, não porque nosso caráter e nossas ações apresentem qualquer mérito para receber seu nome, mas apesar de mostrarem justamente o contrário. Nenhum de nós é habilitado a pleitear um lugar na família de Deus. A idéia de amar e exaltar a nós pecadores, da mesma forma como ele ama e exaltou o Senhor Jesus, soa absurdo e extravagante, mas é exatamente isto — e nada menos que isto — que a nossa adoção como filhos de Deus significa.

Para escrever: Escreva algumas de suas idéias sobre o que significa ser um co-herdeiro de Cristo.

Retirado de O Conhecimento de Deus ao Longo do Ano (Editora Ultimato, 2008)

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada