sábado, 30 de janeiro de 2010

Record vende 'torpedo' com orações do bispo Macedo


O portal de entretenimento da Record coloca o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, como uma celebridade do mesmo nível de estrelas populares da emissora, tais como Dado Dolabella, Eduardo Guedes e Ana Hickmann, entre outros.

No endereço www.recordentretenimento.com.br, a imagem de Macedo reveza-se na homepage com as de artistas. O anúncio convida o internauta a baixar "conteúdo e mensagens de fé" do bispo. Ele também pode receber pelo celular as últimas fofocas sobre o ex-integrante e vencedor de "A Fazenda", as novas receitas do culinarista do "Hoje em Dia" ou dicas de moda de Ana Hickmann.

Macedo é o único religioso incluído na lista de "celebridades" da emissora. O serviço é pago. Em média, o internauta que se dispuser a receber os torpedos tem de pagar cerca de R$ 2,30 por semana.

Procurada pela coluna, a Central Record de Comunicação disse não ver "problema algum nos dois tipos de conteúdo anunciados no portal, uma vez que se trata publicidade de uma empresa que é parceira da Record Entretenimento".


Fonte: UOL

Solta o verbo, caro leitor! (4)


Na postagem intitulada “Esclarecimento - EU NÃO ODEIO A ANA PAULA VALADÃO!” o Paulo Paz assim se expressou:

Essa história de "não julgueis" e "não toqueis no ungido de Deus" tem destruído várias almas: de "evangélicos" e de incrédulos (perdidos).

Julguemos sim!!
Julgamento (exame) é o passo anterior à exortação!

Graças a Jesus Cristo!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Valdemiro Santiago e a Ameaça Final : A multidão será convocada



É com um choro sem lágrimas, sem lenço, sem alvará e sem documento que o apóstolo Valdemiro Santiago está prestes a convocar a multidão de fiéis para as ruas de São Paulo.

O novo vídeo é extremamente dramático  e conta uma música de fundo para cortar o coração do ateu mais incrédulo.

Em um vídeo anterior, Valdemiro afirmou que poderia por nas ruas da capital paulistana, um aglomerado de 1 milhão evangélicos, entretanto  com ajuda do Pastor Silas Malafaia, o apóstolo  refez as contas e contabilizou que teria apenas 100.000 fiéis para um protesto em frente a prefeitura do governo Kassab.

Poxa o cara, não consegue mais dormir, comer e vive no monte chorando, Brasil.  Quem ouviu isso ? Não comia e nem dormia !!! Alguém tem dúvida que deus tem a mão nesse ministério ? O cara está no limite, Brasil nem consegue suportar mais !!! São muitas contas para pagar !!!

Apóstolo Valdemiro Santiago, não desista, pois você é brasileiro e já nadou horas em um mar de tubarões, passou de jipe em minas terrestres, converteu muçulmanos ao cristianismo e foi até carregado por anjos até a cauda de um cometa, conforme seu próprio testemunho, logo então deus irá guiá-lo para abrir o lacre da igreja sede no bairro do Brás.

E ae Kassab, vai abrir  o maior celeiro de almas do Brasil e do mundo ? Vai deixar o apóstolo chorando ? E o povo vai mesmo para as ruas ?

Assistam o apelo dramático indicado para *** Oscar de melhor drama gospel estrangeiro ***:


Ó Benjamim!


Dêem o grito de guerra em Bete-Áven; esteja na vanguarda, ó Benjamim (Os 5.8)

Só pode ser a graça de Deus! Colocar a tribo de Benjamim na vanguarda, na dianteira da tropa, é algo fantástico! É uma manifestação inequívoca da capacidade perdoadora de Deus. Pois nos arquivos históricos de Israel havia o registro de uma tragédia ocorrida na época pré-monárquica que causou a morte de 40 mil israelitas e 25 mil benjamitas, tudo por culpa da tribo de Bejamim (Jz 20.1-48). O núcleo dessa guerra civil foi o crime sexual cometido em Gibeá, quando uma mulher que estava de passagem foi violentada por vários homens numa só noite até morrer (Jz 19.22-30).

Só a misericórdia divina explica por que o Senhor ordena: “Esteja na vanguarda, ó Benjamim”. Só a misericórdia divina coloca o nome de Tamar, Raabe e Bate-Seba na genealogia de Jesus (Mt 1.3-6). Só a misericórdia divina pode dizer três vezes a Pedro depois da tríplice negação: “Cuide dos meus cordeiros” (Jo 21.15-18).

Tenho e terei plena consciência de que as misericórdias do Senhor são inesgotáveis!

Retirado de "Refeições Diárias com os Profetas Menores" (Editora Ultimato, 2004).
 

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A riqueza do "pastor"


A riqueza do pastor
Não tem John Lennon que imagine
Não tem Janete que clere
Nem Roberto que Marine
Nem Santo que se aprochegue
Não tem dinheiro que chegue
Pros ternos de gabardine.

Tá pastorando o vigário
A vigarice do pastor
Nos tempos de sofridão
Os templos cobram um horror
É igreja nova adoidado
Vendendo a vista e fiado
Milagre paz e amor.

Vejo gente soluçando
De tanta abandonação
Trabalho para o soluço
Seria uma solução
Na roubalheira maleva
O baque que a queda leva
Leva a alma do cristão.

Eu peço para os senhores
Um pouco de atenção
Não queiram ver suas vidas
Pregadas na pregação
A pastozada bacana
Que vive de pomba gira
Não passa de uma mentira
Altamente americana.

Jessier Quirino

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Em breve, novidades...



Olá pessoal!
Vi que nossos leitores estão sentindo falta das novidades no blog. Peço desculpas a todos vocês. Infelizmente neste último mês está uma correria!. Estou atarefado com minha dissertação e também em processo de mudança de apartamento. Para agravar, estou também sem acesso a internet.Na medida do possível estou liberando os comentários, já que não posso "liberar geral", devido alguns desavisados que adoram "soltar o verbo" mas se escondem por trás do anonimato. Aos nossos diletos leitores, deixo um forte abraço!




sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Igreja do Ministério de Louvor Hillsong está na mira da lei



Referência no louvor contemporâneo, a igreja do Ministério de Louvor Hillsong, a mais poderosa da Associação Australiana das Assembléias de Deus, famosa por canções como Shout to the Lord (Aclame ao Senhor), é acusada de ter se transformado em um dos maiores impérios financeiro-religiosos do mundo.

No Brasil, suas músicas são conhecidas pelo estilo atraente, dinâmico e vibrante. Tanto cá como lá fora seus CDs e DVDs são o expoente máximo da adoração contemporânea, que introduziu no gospel dos anos 90 o conceito de “adoradores extravagantes”. Mas cada vez mais, o Ministério Hillsong provoca desconfiança em seu país, a Austrália, onde 60% da população se diz protestante, nos Estados Unidos e Europa.

Isso porque as denúncias de abusos e escândalos parecem não ter fim. A começar pela administração daquilo que o ministério fatura. Se por aqui há um tremendo clamor por causa de irregularidades com alguns milhares de dólares, imagine lá, onde o Hillsong declara ter faturado no ano passado mais de US$ 70 milhões, mas usado apenas 2 milhões para os trabalhos sociais, principal destinação de suas entradas.

Além de ministério de louvor, Hillsong (ou Som das Montanhas, em português) é a mais poderosa das igrejas da Associação Australiana das Assembléias de Deus. Apesar da beleza e da profundidade de algumas de suas canções, como Shout to the Lord (Aclame ao Senhor, em português). a denominação é acusada de promover a Teologia da Prosperidade e ter se transformado em um dos maiores impérios financeiro-religiosos do mundo.

As acusações começaram no final dos anos 1980, mas ganharam força em 2000, quando o pastor William Francis Houston – pai do líder da igreja, pastor Brian Houston – confessou ter abusado sexualmente de um menino. Apesar de ter perdido sua credenciaI, a igreja abafou a polêmica e não relatou nada às autoridades locais.

O estilo de vida promovido pela igreja é outra fonte de perturbação. Bobbie Houston, esposa de Brian e pastora líder das mulheres, por exemplo, lançou recentemente uma pregação com o título: “As mulheres do Reino de Deus amam sexo”. Gravada em mp3 num dos congressos femininos internacionais da denominação, o que permite que seja baixada pela internet, a mensagem traz pérolas como: “Façam exercícios. Se estou gorda, sinto-me como uma retardada” e “Meninas, também não esqueçam das cirurgias plásticas e dos exercícios pélvicos”.

Finalmente; no ano passado, o Hillsong convidou o pastor Michael Guglielmucci, pastor de jovens da Igreja Planet Shakers, para participar da gravação de seu mais novo álbum This is Our God (Este é o Nosso Deus). Guglielmucci dizia sofrer de câncer terminal desde 2006 e causou enorme comoção ao aparecer cantando a música The Healer (Aquele que Cura) com um tubo de oxigênio no nariz. Em seguida, porém, não agüentando uma crise de consciência, ele revelou a verdade: “Não tenho nenhum câncer. Forjei a história e enganei até minha esposa e família para encobrir minha verdadeira doença: sou viciado em pornografia. Esse problema, sim, abalou minha saúde e me debilitou emocionalmente”.


Fonte: Ação Gospel
* Saiba mais sobre o Hillsong aqui

Solta o verbo, caro leitor! (3)



Na postagem intitulada "Sarmo 23 dos Minero", Adriana Melo fez o seguinte comentário:
 "Nem só de pãozim di quêjo os hómi vai vivê. Mais da palavra oo Sinhô tomém!Até maisi."



quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O que é Igreja?

Assita o vídeo e em seguida leia o texto




Igreja tem que ser coisa de gente de Deus, de gente livre, de gente sem medo, de gente que anda e vive, que deixa viver..., que crê sempre no amor de Deus...; e, sobretudo, é algo para gente que confia..., que entrega..., que não deseja controlar nada...; e que sabe que não sabe, mas que sabe que Deus sabe...

Somente gente com esse espírito pode ser parte sadia de uma igreja local, por exemplo...


Em igreja há problemas... É claro... Afinal, tem gente...

Mas nenhum problema humano tem que ser um escândalo para a verdadeira igreja de gente boa de Deus.

Numa igreja de Deus ninguém tem que ser humilhado..., adúlteros não tem que ser “apresentados” ao público..., ladrões são ajudados a não mais roubarem..., corruptos são tratados como Jesus tratou a Zaqueu..., e hipócritas são igualmente tratados como Jesus tratou aos hipócritas...; ou seja: com silencio que passa..., mas, ao mesmo tempo, não abre espaço...

Na igreja de gente boa de Deus fica quem quer e até quando deseje... E quem não estiver contente não precisa ser taxado de rebelde e nem de insubordinado... Ele é livre para discordar e sair... Sair em paz. Sem maldições e sem ameaças; aliás, pode sair sem assunto mesmo...

Na verdadeira igreja não há auditores, há amigos.

Nela também toda angustia humana é tratada em sigilo e paz.

Igreja é um problema?...

Sinceramente não acho...

Pelo menos quando a igreja é assim, de gente, para gente, liderada por gente, com o propósito de fazer de toda gente um humano maduro — então, creia: não há problemas nunca, pois, os problemas em tal caso nada mais são do que situações normais da vida, como gripe, febre ou qualquer outra coisa, que só não dá em poste de ferro...

Tudo o que aqui digo decorre de minha experiência...

Não é teoria...

Pode ser assim em todo lugar...

Mas depende de quem seja o pastor...

E mais: se o povo já estiver viciado demais nem sempre tem jeito...

Entretanto, se alguém decide começar algo do zero, então, saiba: caso você seja gente boa de Deus, e que trate todos como gostaria de ser tratado..., não haverá nada que não seja normal, pois, até as maiores anormalidades são normais quando a mente do Evangelho em nós descomplicou a vida.

Pense nisso!...


Por: Caio Fábio

Vale a pena ler de novo - Praia de nudismo Gospel está liberado




Um paraíso ecológico, nenhuma roupa e… a Bíblia Sagrada. Pode parecer contraditório, mas naturismo também é coisa de crente. Isso mesmo: no Rio, até mesmo pastores evangélicos se bronzeiam como vieram ao mundo nas praias freqüentadas por nudistas. Membro de tradicional igreja evangélica há sete anos e naturista há 15, o comerciante Carlos Moreira, 44 anos, é um dos que defendem que não há barreiras entre a religião e o nu. “O pecado não está no corpo despido, mas, sim, na malícia das pessoas. Meu coração é puro”, argumenta.

A comunhão entre Deus e nudismo custou caro ao arquiteto curitibano Estevão Prestes, 31 anos. Evangélico há 14 anos e freqüentador da Praia do Pinho (Santa Catarina) há três, ele foi expulso da Igreja do Evangelho Quadrangular, da qual foi professor da escola dominical.

“Quando meus hábitos foram descobertos, fui chamado pelos pastores a um conselho. Houve a leitura de acusação formal de comportamento imoral”, conta Estevão, que hoje é membro da Igreja Presbiteriana. “Não escondo que sou naturista, mas também não ando com crachá. Os que sabem, me aceitam”, garante.

Estevão gosta de orar sozinho na praia e de ler a Bíblia – nu, é claro: “A vivência naturista me aproxima da espiritualidade. Tenho momentos de comunhão com a natureza, com Deus e o com próximo”, justifica.

O nudismo evangélico é uma idéia é tão inovadora, que muitos preferem o anonimato, como a líder de instituição pentescostal há 15 anos, Márcia, 48 anos, que trocou o nome para não ser reconhecida por seus fiéis. A pastora se converteu ao naturismo há três anos, após visitar a Praia Olho de Boi, em Búzios. “Me encantei com o respeito e a pureza. Ser naturista é estar em contato pleno com o Senhor”, defende ela, que visita sítios de lazer e já frequentou a Praia do Abricó, no Recreio, interditada ao nudismo por força de liminar.

Márcia diz ter aprendido que o naturismo não tem conotação sensual. “Vemos a nudez com olhos do espírito, sem malícia”, ensina a pastora, que lamenta o preconceito que enfrenta. “A igreja evangélica está recheada de dogmas e tabus. Somos tolhidos de vermos o mundo como é. Não poderia abrir minhas opiniões aos fiéis. Causaria grande rebelião”, pondera a pastora naturista. Ela também compartilha a palavra de Deus com amigos em recantos de nudismo. “Certa vez, uma irmã estava com sérios problemas e prestei favores espirituais para ela ali mesmo, em um sítio de convívio naturista”, recorda.

Para a grande maioria dos pastores evangélicos, entretanto, a idéia é inaceitável. “Isso é um escândalo. É a falta do conhecimento da Palavra. Não tenho pessoas com esta conduta na minha igreja. Aqui, não há espaço”, avisa o pastor Manoel da Silva, da Igreja Batista em Renovação Espiritual Nova Jerusalém


Fonte: Ultima Hora

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Vamos pensar um pouco : Que história é essa de peneira na Igreja?




Confira outros textos da série clicando aqui

Outro dia ouvi de uma pessoa a seguinte frase: "pastor, Deus precisa passar uma peneira nessa igreja". Essa frase não é novidade para mim, pois já a havia ouvido algumas vezes em uma outra igreja.

A idéia da "peneira" é a de que pessoas que eu considero inferiores ou indignas do convívio cristão sejam arrancadas por Deus num processo de limpeza espiritual. Assim, a igreja fica somente com aqueles que consideramos dignos do ajuntamento cristão e as pessoas inferiores ficam do lado de fora.

A idéia da "peneira" tem o mesmo princípio da maquinação que se passou pela mente de Hitler com a idéia soberba de peneirar o mundo, eliminando as raças inferiores, segundo a classificação de raças feitas por ele, levando à morte cinco milhões de judeus e outros 6 milhões de outras raças.

No bojo desse pensamento do III Reich, reside a mesma idéia racista. Eliminar as raças inferiores da igreja e, portanto, indignas de freqüentá-la. Devem ficar na igreja apenas um grupo separado, peculiar, santo, digno da convivência cristã.

Uma afirmação dessas por si só já é condenável à luz de toda Escritura. Mas também condena à peneira a mesma pessoa que emitiu esse pensamento. Porque o princípio cristão é o do amor, da convivência, da tolerância, do carregar as cargas uns dos outros. Não se arranca o joio, o elemento ruim da igreja, com as próprias mãos, mesmo porque ninguém sabe identifica-lo. Saulo de Tarso bem foi identificado pela igreja primitiva com um homem mau que perseguia os cristãos, mas Deus tinha um plano bem diferente com ele. Somente Deus os conhece, O joio deve, portanto, crescer junto com o trigo, o elemento bom, para que seja por este influenciado.

O joio é aquela pessoa que não soma na igreja. É por natureza crítica. Não sugere melhorias. É difícil conviver com ele. Ele reclama muito. Reclama do banheiro, da água, do café, da mensagem que demora muito, da música que estava alta, das pessoas, de tudo. Ele faz a crítica pela crítica. É o crítico por natureza.

Jesus disse que os sãos não precisam de médicos, mas sim os doentes. Portanto, o lugar de joio é na igreja. Essas pessoas precisam ouvir o evangelho e a igreja é o lugar onde elas devem estar. A cada mensagem pregada, mais uma chance foi ofertada para que houvesse mudança. Minha esperança é de que um dia ela se processe de uma forma tão profunda que cale a boca dos "profetas da peneira".

Pedro, Tiago e João foram três discípulos que sugeriram ao Mestre que se fizesse lá no monte da transfiguração uma igreja só para eles. Vamos fazer três tendas, ou três casas. A gente fica por aqui mesmo e então vamos deixar esse negócio de evangelizar o mundo de lado. Dá muito trabalho. É melhor ficar só nós seis. Jesus, Moisés, Elias, Pedro, Tiago e João. Uma idéia egoísta e totalmente descabida no âmbito do evangelho.

Deixemos o joio crescer juntamente com o trigo. Por ocasião da ceifa do fim do mundo, o Senhor da Seara irá enviar os anjos que farão a colheita do joio, para queimar, e do trigo para reinar com ELE.

Vamos ter amor no nosso coração e muita paciência para com todos os nossos irmãos. Essa é a vontade de Deus. Vamos nos lembrar que quando Jesus nos chamou, éramos tão indignos quanto hoje de sermos chamados de Filhos de Deus. E ELE ainda nos fez Reis e Sacerdotes para reinarmos para sempre com ELE.

Gosto desse versículo de Lamentações de Jeremias 3:22 "As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos. Novas são cada manhã. Grande é a sua fidelidade".

Vamos então ter misericórdia para com todos os que nos rodeiam. Amém.

Por: Pr Videira, candidato permanente a servo inútil.

"Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas” Lucas 18.6


sábado, 16 de janeiro de 2010

Mais carentes do que crentes



As igrejas hoje estão mais repletas de carentes do que de crentes.
Estou querendo dizer que, nesses dias de renascimento do cristianismo medieval e de recrudescimento das superstições evangélicas, há aqueles que se aproximam de Deus muito mais como crianças em busca de satisfação para seus caprichosos desejos infantis do que como pessoas de fé interessadas em amadurecer espiritualmente para melhor conhecer a vontade do Senhor e aplicá-la de maneira eficaz no viver diário.
Revelando uma colossal imaturidade, a multidão de carentes só se importa em testemunhar prodígios maravilhosos e milagres fantásticos, em conquistar prosperidade financeira ao estilo do capitalismo mais ganancioso e materialista, em obter curas imediatas tão somente para os males físicos enquanto os males do caráter permanecem intocáveis, em entorpecer-se com cânticos repetitivos de forte apelo emocional que mais se assemelham a mantras hipnóticos, em presenciar espetáculos deprimentes de supostos possessos sendo humilhados diante da congregação e da audiência televisiva, em ouvir animadores de auditório travestidos de pregadores com declarações fervorosas, e coisas do tipo.
Essa gente sobrecarregada de carências, frustrações, complexos e neuroses torna-se ainda mais neurótica, complexada, frustrada e carente quando cai nas garras de manipuladores eloquentes que bem sabem como explorar seus sentimentos e emoções, impondo rédeas sufocantes e conduzindo o rebanho manhoso aos pastos ressecados e às tranquilas margens do pântano.
São, na verdade, bebês chorões. São crianças birrentas com excesso de vontades e melindres. Nada que o amadurecimento da fé não resolva. Mas preferem continuar na infância espiritual, com chupetas e mamadeiras, fraldas e babadores, chocalhos e ursinhos de pelúcia. Em vez de autênticos pastores, querem babás. Em vez de comida sólida, querem leite e papinha. Em vez de aprender a andar, querem continuar engatinhando.
Isso é uma combinação explosiva: de um lado, liderados cheios de carência; de outro, líderes vazios de caráter.
Só podia dar no que se vê por aí: uma perfeita acomodação sado-masoquista entre igrejas que exploram e crentes explorados, ou entre pastores que manipulam e ovelhas manipuladas.
Num estudo sobre o neopentecostalismo, o sociólogo da religião Antônio Gouvêa Mendonça estabelece cinco marcas principais dessas comunidades de crescimento fenomenal entre evangélicos. Transcrevo-as:
“1. Características empresariais de prestação de serviços ou de oferta de bens de religião mediante recompensa pecuniária, com modernos sistemas de administração e ‘marketing’ ; 2. Distanciamento da Bíblia, usada esporadicamente sem nenhum rigor hermenêutico ou exegético; 3. Inexistência de comunidade (seus frequentadores são clientes e a relação entre a empresa e o cliente é na base do do ut des); 4. Como não há comunidade de adoração e louvor, o culto tem características de ajuntamento de interessados na obtenção imediata dos favores sagrados; 5. Intenso ambiente de magia.”
A rigor, não são igrejas identificadas com os ideais do reino de Deus. São creches que refletem o ideal de Peter Pan, onde ninguém cresce. Permanecem todos como meninos. Os meninos perdidos da Terra do Nunca.



CARLOS NOVAES é pastor da Igreja Batista de Barão da Taquara, em Jacarepaguá - Rio de Janeiro (RJ) 
Fonte: Clique aqui

Ainda tem gente de Deus - Alguém como Eu

 

Alguém como Eu
Composição: Stênio Marcius

Entra Mestre,descansa um pouco
Estás cansado,estás sedento e rouco
Dorme Mestre, a casa é Tua
Já fechei porta e janela pra rua

Deixou me falando só
Dormiu tão pesado fazia dó
Como será Mestre este sonho Teu?
Sonhas como homem? sonhas como Deus?
Sonhas com a glória que tinhas com o Pai, na luz?
Ou sonhas com a cruz?

Perdoa Mestre, mas já é hora
Uma multidão te espera lá fora
Estás decidido, não te detenho
Vais curando até chegar ao lenho

Partiu,fica a paz em mim,
Fica sala com cheiro de jasmim
Vai verter a vida do corpo Seu,
Pra levar a culpa de alguém como eu,
Pra lavar o sujo do meu próprio eu,
Levar-me puro a Deus

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Aberta a temporada de caça aos porcos...


Eu realmente quero a verdade?



O problema de lidar com coisas espirituais é que, inevitavelmente, quem procura acha. Quem busca ouvir mentiras, irá encontrar centenas delas. Quem busca a verdade, baterá de frente com ela.

Ao esbarrarmos na verdade, não dá mais pra continuar a vida do mesmo jeito. Juro que já tentei diversas vezes simplesmente ignorar os fatos. Mas não funciona assim. É preciso haver um posicionamento, seja para a vida, seja para a perdição. Por que diante das grandes questões da vida, distingue-se claramente quem são os homens e quem são apenas os meninos. Os homens confiam na força de seu braço e no quanto podem garantir segurança para si. Os meninos sonham livremente, sabendo que há mais do que esta realidade áspera. Possuem uma fé operante, pois não foram mutilados pelas certezas incertas que regem o mundo dos adultos. Pobres crianças… em breve ficarão cegas, até que Cristo abra novamente seus olhos.

O Reino de Deus não possui espaço para preguiçosos. Mas há muitas vagas para os angustiados. Se cada um que sofre por estar cansado dessa vida real tão falsa, tivesse ao menos coragem para buscar a verdade. Encontraria descanso para sua alma e força para desistir do que não vale a pena. Seria o primeiro da fila para oferecer sua vida em favor do pobre e do faminto. Feliz por que não há nada mais importante do que aqueles que sofrem.

Podemos e devemos ser a resposta das orações de muitas pessoas. Basta para isso renunciarmos a tudo.

De nada adianta ser sábio se o conhecimento não transforma a vida de ninguém. Não adianta ser hábil, se não tranformamos em prática aquilo que outros são incapazes de fazer. E não adianta ter todo dinheiro do mundo, se as melhores coisas da vida não podem ser compradas. A realidade é que quem tem dinheiro, nada faz. E quem nada tem, realiza feitos miraculosos. E aqueles que veem tais coisas, exclamam: “Aí está o poder de Deus!”.

O tempo não cura nenhuma ferida, mas revela a natureza da semente que cada um plantou. Haverá grande desgraça para quem prefere não enxergar a verdade. E grande alegria para quem se cansou do óbvio e ajustou sua visão a tempo.

Mas tudo ainda resume-se a uma simples pergunta: “Eu realmente quero a verdade?”.


A moda gospel que vem por aí - Guitar Hero extravagante


                                                              Clique para ampliar


Fonte: Karapuça

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Sarmo 23 dos Minero




O sinhô é meu pastô e nada há de me fartá
Ele me faiz caminhá pelos verde capinzá
Ele tamém me leva pros corgos de água carma

Inda que eu tenha qui andá
nos buraco assombrado
lá pelas encruzinhada do capeta
não careço tê medo di nada
a-modo-de-quê Ele é mais forte que o “coisa-ruim”

Ele sempre nos aprepara uma boa bóia
na frente di tudo quanto é maracutaia

E é assim que um dia
quando a gente tivé mais-pra-lá-do-qui-pra-cá
nóis vai morá no rancho do sinhô
pra inté nunca mais se acabá...

Homem é encontrado morto dentro da igreja Assembléia de Deus


 
Um homem identificado como Gilvânio dos Santos Oliveira, 49 anos, [no centro da foto abaixo] foi encontrado morto dentro de uma igreja da Assembleia de Deus, localizada no Parque Anita Ferraz, por volta das 18h10 de ontem. Ele regulava uma caixa de som, que seria usada no culto das 19h.

Segundo populares, ele foi eletrocutado no momento em que tentava ligar o equipamento. A descarga elétrica teria passado da caixa para o microfone, que estava na mão da vítima.

As testemunhas dizem que o templo está em construção e ainda não tem ligação regular de energia. Além disso, elas denunciam que houve negligência por parte dos membros da igreja.

A primeira pessoa que viu a vítima caída no chão foi um pedreiro. No momento, os membros da igreja fecharam a porta para que ninguém visse.

Rosa Maria da Rocha Oliveira, esposa de Gilvânio, conta que estranhou o fato do marido ter ido para a igreja e não voltado a tempo de irem juntos ao culto das 19h. Cinco minutos antes do culto ela resolveu procurar o marido na igreja e se deparou com uma multidão.

 "Quando eu cheguei, o pastor estava chegando numa moto e o irmão que estava na porta estava muito nervoso. Eu fiquei desesperada pensando no que tinha acontecido. Os irmãos não me deixaram entrar. O pastor disse que ele estava lá dentro e que tinha levado um choque. Eu não sei o que aconteceu, mas ele pode ter levado um choque porque o chão estava molhado quando ele foi ligar a caixa", diz revoltada.

Um dos filhos de Gilvânio, Francisco Romildo da Rocha Oliveira, conta que soube da morte do pai em casa, foi para o local e os irmãos não o deixaram entrar. Ele se revoltou e chutou a porta. A Polícia Militar foi acionada para prendê-lo. "Não me deixaram entrar para ver meu pai. Mas eu entrei a força. A polícia não me levou porque eu falei umas verdades para eles, que eles tinham que prender era bandido e não cidadão",  diz.

Como a ambulância do SAMU demorou para chegar, os irmãos da igreja o levaram para o hospital. Alberico Amorim, agente de saúde da região, disse que verificou o pulso mas já estava morto. O pastor mandou fechar a porta para conter a multidão.

Hermenegildo Ribeiro, chefe de plantão do 25º DP, afirmou que a perícia foi requisitada para ver se havia fiação clandestina e apurar as responsabilidades.

O enterro acontece no cemitério Santa Mônica, na zona leste.(foi hoje)

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Cristianismo de consumo?



“Em vez de procurar uma igreja que ensine a Palavra de Deus, algumas vezes buscamos uma igreja que ’supra nossas necessidades’. A igreja não existe para prover ’serviços’ aos membros; ao contrário, ela deve desafiar os membros a que se envolvam no ’serviço’ a Deus e a seus semelhantes. Quando pensamos como consumidores, colocamo-nos em primeiro lugar, escolhendo o que corresponde melhor aos nossos desejos. O cristianismo é uma questão de verdade, de submissão ao Deus santo e justo, cuja autoridade sobre nós é absoluta e que, de forma alguma, está sujeito às nossas preferências de consumo. O cristianismo não deve ser manchado pelo consumismo.”

-Gene Edwards Veith Jr. em Posmodern Times citado por Hernandes Dias Lopes em Pregação Expositiva (2008).

Bons tempos que não voltam, mas nunca serão esquecidos! (5)

Grupo Elo - Calmo, sereno, tranquilo

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Sai do CORPO e entra no PORCO, jáááááá!!!!!

Sessão espiritual do descarrego do porco...


 Confira o vídeo:

 

A porta da esperança


Ali devolverei a ela as suas vinhas, e farei do vale de Acor uma porta de esperança (Os 2.15)

Não é possível! O vale de Acor não era de saudosa memória. Nesse lugar Acã foi apedrejado (Js 7.24-26). Na verdade, o nome certo não era vale de Acor, mas vale da Tribulação. Agora, em sua misericórdia e também em sua sabedoria, o Senhor promete fazer desse vale uma porta de esperança. Só Deus mesmo!

Ali está, perto de Jericó, uma porta de esperança. Basta enxergá-la, visualizá-la, aproximar-se dela, passar para o outro lado e impregnar-se de esperança!

Na Bíblia há outros casos de transformação de lugares sombrios em lugares saudáveis. Aqueles que encontram força em Deus, “ao passarem pelo vale de Baca [também chamado de Vale das Lágrimas], fazem dele um lugar de fontes” (Sl 84.6).

Todos que localizam as portas de esperança por aí afora têm a obrigação de mostrá-las aos outros e até mesmo de conduzi-los até onde elas estão. Jesus fixou o mandamento da retribuição: “Vocês receberam de graça; dêem também de graça” (Mt 10.8). Só assim é possível acabar com os vales da tribulação e das lágrimas!

Vou me amaldiçoar todas as vezes que eu não mostrar aos que sofrem a Porta da Esperança, que é Jesus!

Retirado de "Refeições Diárias com os Profetas Menores" (Editora Ultimato, 2004).
 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Ainda sobre o senhor que morreu durante o culto - Nota de esclarecimento da igreja do presbítero

Nota de Falecimento


Faleceu em 15/11/2009 no púlpito da Igreja, após pregar a palavra de Deus baseado no texto de João 11 "A ressurreição de Lázaro" nosso querido e já saudoso Presbítero Anísio Souza Lopes, no dia 26/12 iria completar 88 anos de idade.

Até muito breve companheiro!

Pastor Rúben Oliveira Lima

ps: assista o vídeo em nosso site, clique em vídeos e vá até a página 2


Prezados irmãos e amigos, a paz do Senhor esteja com todos vós!

Realmente o vídeo no YouTube, não é possível acompanhar todo o ocorrido. Porém, aguardem que estamos dividindo o vídeo em partes para colocá-lo no ar.

Este irmão era presbítero (um cargo eclesiástico na igreja) um senhor com 87 anos de idade, que iria completar no dia 26/12, 88 anos. Um homem crente, temente e fiel a Deus. Seu desejo (e ele falava a todos) era partir para a eternidade dentro da igreja, e Deus lhe privilegiou. Permitindo sua partida, logo após ter pregado a palavra de Deus.

Iniciamos o culto com a liturgia de sempre, e no momento das pregações, por ser um senhor idoso, e muito respeitado por todos, pedimos que nos trouxesse a pregação da noite, o que fez, como sempre, com brilhantismo... Inclusive, pregou no texto de João 11, sobre a ressurreição de Lázaro, dando ênfase nos vs. 25, 26, 43 e 44. O interessante, é que o irmão Anísio, possuía duas bíblias, a que trouxe para a Igreja no dia do seu falecimento, e diga-se, estava toda marcada com esferográfica vermelha, que ficou dentro da bíblia, e outra bíblia, que estudava em casa. Ao visitar sua esposa (não evangélica) esta mostrou-me a bíblia de estudos com as mesmas anotações, com um detalhe interessante, no versículo 44, quando termina o mesmo, o irmão Anísio faz um traço em vermelho, e escreve: Fim. (O que nos faz acreditar, que até ali, lhe fora permitido por Deus, falar, e nada mais...) Foi exatamente o que fez...

Após concluir sua prédica, (em todas as vezes que o irmão Anísio pregava, concluía suas palavras dizendo o seguinte: “Os irmãos continuem orando em meu favor para que eu tenha vida e saúde para continuar falando do grande amor de Deus”). Nesse dia, excepcionalmente, não disse o mesmo, mas disse: “Muito obrigado pela vossa atenção” e encerrou.

Assentou-se em seu lugar de sempre, e falou comigo assim: “Pastor me perdoe se tomei muito tempo”, ao que lhe respondi: “Nem me peça perdão, o irmão não pecou, somente pregou a palavra de Deus, fique em paz”. E enquanto se ouvia um cântico, inclinou a cabeça, e ao levantá-la, partiu para a eternidade sem esboçar sequer um gemido, um ai, ou qualquer outra reação, simplesmente partiu... (espiritualmente, atente para o cântico, e ouça que a cantora canta “e chegou a tua hora” nesse momento o irmão parte...).

Ao detectarmos sua partida, verifiquei pulsação, batimentos cardíacos, embora não seja médico, mas pastor; e imediatamente, meu filho que é presbítero na Igreja, ligou para pedir auxilio do Corpo de Bombeiro (resgate) que se demoraram cerca de uns 10 minutos. Enquanto não chegavam, o deitamos nas cadeiras do púlpito, e senti desejo de adorar a Deus cantando, pois, cantamos quando nasce uma criança, mas também quando o Senhor recolhe ao descanso um servo Seu. Aguardamos a chegada dos bombeiros, que ao chegar ao templo verificaram que realmente o irmão Anísio já havia falecido, porém, comunicaram-nos, que iria levá-lo ao pronto socorro da UNESP em Botucatu, para a constatação da causa morte, o que fizeram. E não permiti que fosse filmado o corpo do nosso querido irmão deitado sobre as cadeiras e nem a retirada do mesmo pelo corredor central da Igreja, pois, estávamos ao vivo para o mundo todo pela nossa WebTV “Uma Vida com Deus”. Porém, respeitosamente, em silêncio total, pedimos que toda igreja se levantasse e num gesto humanitário e cristão, e aguardássemos a retirada do corpo de nosso irmão do templo. Como não tínhamos mais condições de continuar com o culto, finalizamos o mesmo, e mantivemos o Templo aberto para o velório, pois, era desejo do irmão Anísio ser velado na Igreja. Tão logo fosse liberado seu corpo.

Segundo relatos de pessoas, e enfermeiros no hospital, disseram que, quando o corpo do irmão era retirado do veículo de resgate e era conduzido ao PS, era como que uma luz estivesse adentrando de corredor adentro do hospital...  E perguntaram o que era aquilo?. E foi dito, que ele era um crente em Jesus, disseram: “só podia ser...”

Outros fatores marcaram esse episódio. No quarteirão da residência do irmão Anísio, ele era o único crente, e não se sabe até a presente data, a causa de uma queda de energia, ficando somente o quarteirão no escuro, e exatamente na hora da partida do irmão. Ou seja, Deus estava mostrando para a esposa do irmão Anísio, e para todos os seus vizinhos que uma luz se apagara naquele quarteirão...

Não nos omitimos em socorro, apenas glorificamos a Deus, por ser SUPREMO e ABSOLUTO e faz o que melhor lhe apraz... Oxalá que minha partida para a Glória assim fosse!

A Igreja, os pastores e boa parte da família do nosso querido e já saudoso irmão Anísio estiveram presente, inclusive, seu filho que é Pastor em S. Paulo no setor de Tucuruvi e neto do irmão Anísio, que também é Pastor junto com o pai em S.Paulo estiveram presentes. E ainda, um padre muito amigo do irmão Anísio se fez presente na hora do culto fúnebre.

Temos o culto gravado sem edições e cortes, para, se necessário, em juízo, ser apresentado.

Deus continue abençoando em Cristo Jesus a todos, que deste vídeo tomar conhecimento

Pastor Rúben Oliveira Lima - Igreja Assembléia de Deus em Botucatu – São Paulo


 Veja o vídeo


Texto enviado ao nosso blog em nome da igrea onde o presbítero congregava.


Charge do Veshame


sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Stênio Marcius em Recife - Confira a agenda



O cantor e poeta Stênio Marcius fará 2 apresentações  em Recife. Confira os locais e os horários.

Agenda: 


09/01 - (sabado)
noite - Sarau - Comunidade Doxa
Stenio Marcius, Diego Venancio, Mazinho ( Projeto Amarte), Roberio.
Contato: Ravana - (81) 9609-3938


10/01 - (Domingo)
manha: Igreja Presbiteriana da Madalena


Noite: Igreja Batista Emanuel de Boa Viagem
contato: Jose Davison - (81) 8131-2288 - (81) 3052-3380

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Pastor Goku - (Com efeitos especiais)

A Verdade é Inevitável



Você não pode sair por aí “justificando” para sempre, pois vai acabar justificando a própria justificativa. Não é possível sair por aí “vendo através” de tudo para sempre. A idéia de ver através de alguma coisa é enxergar alguma coisa por trás. É bom que a janela seja transparente, pois a rua ou o jardim por trás dela não é. Como é possível ver através do jardim também?… Um mundo totalmente transparente é um mundo invisível. “Ver através” de tudo é o mesmo que não ver.

- C.S. Lewis em The Abolition of Man apontando o fato de como a verdade é algo inevitável e não apenas um coisa relativa.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Um senhor morre durante o louvor na igreja, mas o culto continua

A moça está louvando ao Senhor durante o culto e quando ela canta "chegou a sua hora"(3:17)  de repente o senhor que está lá atrás é chamado por Deus.


Rabinos dizem que aborto “atrasa chegada do messias”



Os dois grandes rabinos (máximos líderes religiosos) de Israel dirigiram uma carta às comunidades judaicas locais dizendo que os abortos no país “atrasam a chegada do messias”, informa hoje a edição digital do jornal Yedioth Ahronoth.
Em carta, Yona Metzger e o Shlomo Amar afirmam:

- A imensa maioria dos abortos são desnecessários e estão proibidos pela Halajá (lei religiosa judia).

No escrito, o rabinato superior anuncia que estuda renovar a luta contra o aborto com a criação de um comitê especial para tratar de impedir o “assassinato de fetos nos ventres de sua mãe”.

Segundo os líderes religiosos, Israel sofre de uma “autêntica epidemia que leva a cada ano a vida de dezenas de milhares de judeus” e que “além da gravidade do pecado atrasa a chegada do messias”.

Metzger e Amar baseiam sua relação entre abortos e o atraso na vinda do messias na ideia de que o salvador não será concebido até que cheguem ao mundo todas as almas que deveriam provir de mães judias.
Os rabinos chefes calculam em torno de 50 mil as interrupções anuais da gravidez em Israel, 20 mil delas “de forma ilegal e contra a lei”, e alertam:

- Malditos aqueles que não se assustem com essas informações.

“Copyright Efe – Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe.”

Enquanto isso, na sessão do descarrego - Homem Aranha evangélico!


segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

A Loucura do Evangelho ou as Loucuras dos Evangélicos?




O apóstolo Paulo escreveu aos coríntios que a palavra da cruz é loucura para a mente carnal e natural, para aqueles que estão perecendo (1Co 1:18, 21, 23; 2.14; 3.19). Ele mesmo foi chamado de louco por Festo quando lhe anunciava esta palavra (Atos 26.24). Pouco antes, ao passar por Atenas, havia sido motivo de escárnio dos filósofos epicureus e estóicos por lhes anunciar a cruz e a ressurreição (Atos 17:18-32). O Evangelho sempre parecerá loucura para o homem não regenerado. Todavia, não há de que nos envergonharmos se formos considerados loucos por anunciar a cruz e a ressurreição. Como Pedro escreveu, se formos sofrer, que seja por sermos cristãos e não como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outros (1Pedro 4.15-16).

Nesta mesma linha, na carta que escreveu aos coríntios, o apóstolo Paulo, a certa altura, pede que eles evitem parecer loucos: "Se, pois, toda a igreja se reunir no mesmo lugar, e todos se puserem a falar em outras línguas, no caso de entrarem indoutos ou incrédulos, não dirão, porventura, que estais loucos?" (1Co 14:23). Ou seja, o apóstolo não queria que os cristãos dessem ao mundo motivos para que nos chamem de loucos a não ser a pregação da cruz.

Infelizmente os evangélicos - ou uma parte deles - não deu ouvidos às palavras de Paulo, de que é válido tentarmos não parecer loucos. Existe no meio evangélico tanta insensatez, falta de sabedoria, superstição, coisas ridículas, que acabamos dando aos inimigos de Cristo um pau para nos baterem. Somos ridicularizados, desprezados, nos tornamos motivo de escárnio, não por que pregamos a Cristo, e este, crucificado, mas pelas sandices, tolices, bobagens, todas feitas em nome de Jesus Cristo.

O que vocês acham que o mundo pensa de uma visão onde galinhas falam em línguas e um galo interpreta falando em nome de Deus, trazendo uma revelação profética a um pastor? Podemos dizer que o ridículo que isto provoca é resultado da pregação da cruz? Ou ainda, o pastor pião, que depois de falar línguas e profetizar rodopia como resultado da unção de Deus? (foto) Ou ainda, a "unção do leão" supostamente recebida da parte de Deus durante show gospel, que faz a pessoa andar de quatro como um animal no palco?

Eu sei que vão argumentar que Deus falou através da burra de Balaão, e que pode falar através de galináceos ungidos. Mas, a diferença é que a burra falou mesmo. Ninguém teve uma visão em que ela falava. E deve ter falado na língua de Balaão, e não em línguas estranhas. Naquela época faltavam profetas - Deus só tinha uma burra para repreender o mercenário Balaão. Eu não teria problemas se um galinheiro inteiro falasse português na falta de homens e mulheres de Deus nesta nação. Mas não me parece que este é o caso.

Sei que Deus mandou profetas andarem nus e profetizarem e fazerem coisas estranhas como esconder cintos de couro para apodrecerem. E ainda mandou outros comerem mel silvestre e gafanhotos e se vestirem de peles de animais. Tudo isto fazia sentido naquela época, onde a revelação escrita, a Bíblia, não estava pronta, e onde estes profetas eram os instrumentos de Deus para sua revelação especial e infalível. Não vejo qualquer semelhança entre o pastor pião, a pastora leoa e o profeta Isaías, que andou nu e descalço por três anos como símbolo do que Deus haveria de fazer ao Egito e à Etiópia (Is 20:2-4).

Eu sei que o mundo sempre vai zombar dos crentes, mas que esta zombaria, como queria Paulo, seja o resultado da pregação da cruz, da proclamação das verdades do Evangelho, e não o fruto de nossa própria insensatez.

Eu não me envergonho da loucura do Evangelho, mas das loucuras de alguns que se chamam de evangélicos.


"Eu fico com a pureza da resposta das crianças"



"Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas” Lucas 18.6

domingo, 3 de janeiro de 2010

Amor e perdão



Não mais mostrarei amor para com a nação de Israel, não a ponto de perdoá-la (Os 1.6)

Qual é a relação entre amor e perdão? O que vem primeiro, o amor ou o perdão?
Em todos os casos, o perdão só é possível por causa do amor. Quando o amor se esgota, o perdão não tem a menor chance. Se o nível do amor de Deus abaixasse, a disponibilidade do perdão também cairia. É isso que o profeta Oséias quer que a nação entenda.

Esse mecanismo é de conhecimento público por causa do versículo mais conhecido e amado da Bíblia: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).

Deus só “arrepende-se, e não envia a desgraça” porque é “cheio de amor” (Jl 2.13; Jn 4.2). Ele é misericordioso e compassivo e muito paciente porque é cheio de amor.

Jesus jamais faria a oração “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo” (Lc 23.34), referindo-se aos seus algozes, se não tivesse profundo amor por aquela turba que o maltratava e zombava dele.

Àquele que me amou e perdoou, devo o maior respeito e a maior devoção!

Retirado de "Refeições Diárias com os Profetas Menores" (Editora Ultimato, 2004).


 
Pesquisa personalizada