terça-feira, 28 de setembro de 2010

História de nossos hinos e cânticos - Manso e suave

Will Lamartine Thompson era filho de um casal presbiteriano. Aos 16 anos começou a compor, porem sua fama só apareceu em 1875. Suas publicações foram usadas em diversas partes do mundo. Apesar de haver se tornado “o compositor milionário”, nem por isso Thompson se esqueceu de agradecer a Deus que tanto o abençoou e nunca deixou de dar o testemunho de seu Salvador. Thompson sentia que devia algo a Deus e por isso dedicou o seu talento de compositor unicamente a composição de músicas sacras. Muitas vezes colocou o seu piano numa carroça puxada por dois cavalos e foi para a roça, tocando e cantando hinos de sua autoria. Entre os vários hinos que escreveu, um deles recebeu uma homenagem toda especial quando, em dezembro de 1899, foi ao estado de Massachusetts para visitar o famoso evangelista D.L. Moody, que estava gravemente enfermo. Tão grave era o estado de saúde de Moody, que o seu médico não permitiu que Thompson o visitasse. Do seu leito de morte, Moody ouviu a voz de Thompson e pediu que ele entrasse. O grande evangelista, agarrando a mão de Thompson, disse: “Will, preferia ter escrito o seu hino “ Manso e Suave”, mais do que qualquer outra coisa que tenho feito em minha vida inteira”. Essa declaração, saída dos lábios de um dos maiores evangelista de todos os tempos, valeu como uma consagração; foi a homenagem máxima.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada