sexta-feira, 3 de setembro de 2010

História de nossos hinos e cânticos - Em Jesus amigo temos

Joseph Medlicott Scriven (1819-1886) nasceu na Irlanda. Possuía fortuna e educação. Na noite anterior às suas almejadas núpcias, sua noiva afogou-se! "Na sua tristeza profunda [e melancolia que o perseguiria durante toda sua vida], Joseph reconheceu que somente no seu amigo mais querido, Jesus, poderia achar o consolo e o sustento de que precisava". Noivo pela segunda vez, no Canadá, sua noiva adoeceu gravemente, vindo a falecer. Ele também sofreu financeira e fisicamente. Com muita razão.
Foi ao ouvir da enfermidade da sua mãe em 1855, que Scriven, numa carta para ela, incluiu as comoventes palavras deste hino para o seu conforto, mensagem experimentada por ele dia após dia. O hino foi publicado anonimamente. Foi um vizinho, que foi ajudá-lo durante uma enfermidade, que viu a poesia, rabiscada num papel ao lado da sua cama. Depois, Scriven publicou uma pequena edição dos poemas, Hymns and Other Verses (Hinos e Outros Versos), em 1869. É um dos hinos mais cantados ao redor do mundo.



1 comentários:

Tânia disse...

Parabéns! Música linda e inspirada... Quando passo por lutas e desertos costumo deixar de lado um pouco os CDs gospel modernos e cartar as músicas de meu velhos hinários...Eu recomendo - funciona!
Parabéns pela inciativa irmão. Que vc continue a colocar aqui as histórias marcantes de fé dos que escreveram tão belos hinos na tribulação... tipo "Mais perto quero estar"...tão cantada, escrita com lágrimas e depois no Titanic cantada em momentos finais...mas que tãopoucos conhecem a história da música. Aumentam a nossa fé.
Um grande abraço e que o Nosso Senhor Jesus - o melhor amigo - te abençoe!
Pra. Tânia

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada