terça-feira, 13 de julho de 2010

A música gospel e a proliferação de heresias.



Lamentavelmente a Igreja brasileira tem experimentado nos últimos anos uma variedade enorme de falsos ensinos. São tantas as heresias disfarçadas de "doutrinas" que é impossível não sentir-se envergonhado diante de tanta aberração. Infelizmente boa parte destas discrepâncias teológicas se deve as canções cantadas em nossas igrejas.

Ora, por favor, pare, pense e reflita nas letras das músicas que são tocadas nos cultos evangélicos. Sinceramente algumas delas são absurdamente ridículas, além obviamente de um mal gosto musical que denota a incompetência dos compositores. Se não bastasse isso, os princípios teológicos disseminados nestas canções são destruidores.

Sinceramente fico a pensar por que os músicos de nossas comunidades evangélicas não submetem suas "poesias" a pessoas qualificadas para que à luz das Escrituras avalie o conteúdo de suas canções.

Para piorar a situação algumas destas pérolas musicais descaradamente atentam contra o vernáculo ultrapassando em muito a liberdade poética fazendo-nos ruborizar diante de tanta ignorância. Junta-se a isso que os louvores cantados em nossas reuniões são extremamente antropocêntricos, o que nitidamente se percebe em nossos encontros congregacionais. Se fizermos uma análise de nossas liturgias chegaremos a conclusão que boa parte das canções que entoamos são feitas na primeira pessoa do singular, cujas letras prioritariamente reivindicam as bênçãos de Deus.

Pois é, numa liturgia preponderantemente hedonista, os evangélicos são extravagantes, querem de volta o que é seu, necessitam de restituição, determinam a prosperidade, tocam no altar, pedem chuva, cantam mantras repetitivos erotizando sua relação com Deus, desejando da parte do Criador, beijos, abraços e colo.

Caro leitor, sem sombra de dúvidas vivemos dias complicadíssimos onde o Todo-poderoso foi transformado pelos falsos apóstolos em gênio da lâmpada mágica, cuja missão prioritária é promover satisfação aos crentes. Diante disto, precisamos orar ao Senhor pedindo a Ele que nos livre definitivamente desse louvor, filho bastardo da indústria mercantilista gospel, o qual nos tem nos empurrado goela abaixo, conceitos e valores anticristãos cujo objetivo final não é a glória de Deus, mas satisfação dos homens.
Pense nisso!

Fonte: Blog do Renato Vargens (òtimo Blog)

9 comentários:

Clovisbatebola disse...

Qual é o modelo correto de louvor para o autor?

João Paulo Fernandes disse...

Clovis

Acredito eu que não exista um modelo "pronto formatado" de louvor. Só que uma música de louvor a Deus tem ser centrada na pessoa de Cristo e não no homem. A banalização do milagre,o hedonismo, as heresias, são os "caminhos" que um bom poeta de Cristo tem que passar longe!

Cicero disse...

QUE O BOM DEUS NOS SUSCITE OUTRA FANNY CROSBY.

Luciana Rodrigues disse...

Olá, graça e paz! Quer fazer parceria?
http://tende-animo.blogspot.com/

Elaine Cândida disse...

Realmente...

Já virou um martírio ter que ouvir essas coisas que chamam de "louvores" (salvas poucas exceções).

É por isso que a maioria das pessoas entram e saem vazias dos cultos... Primeiro porque o propósito já não tem sido cultuar ao Senhor, mas sim reunir-se a negócios com Ele. Segundo, porque Ele habita em meio aos louvores... E isso o que a maioria dos "ministros" está cantando não louvam a Deus e sim massageiam o ego dos ouvintes.

Elídia :) disse...

Clovisbatebola disse...Qual é o modelo correto de louvor para o autor? (sic)
Engraçado, né...alguns que criticam as músicas atuais são os mesmos que atiravam pedras no passado nos precursores do que é a cena gospel atual, quando era tão difícil adorar a Deus,(algumas das citadas aqui, se não fossem musicadas e sem assinatura "gospel", não seriam vistas com outros olhos???). Puxa, acusam outros de talibãs da fé, mas acho que aqui aplica-se a mesma máxima, talvez prefiram Lady Gaga e outros lixos sub-culturais que despejam por aqui, ou admire as letras do mago-compositor e do bêbado-cantor...Pois sim, poesia "no dos outros" é refresco. Mania de criticar tudo. Cansei.

Misael M. disse...

A Paz a todos!
Infelizmente, essa é a realidade de nossas igrejas, estes prostituídos tem acabado com o louvor genuíno que exalta a Deus.

Fiz um post um pouco mais abrangente sobre o assunto, depois dê uma passadinha lá no meu blog ~> misaelm.com

dani_lilah disse...

erotizando...?
beijo abraço e colo é erótico agora? quer dizer que se um pai dá colo ao filho ele é um pedófilo...
aff pode criticar mas também não exagera, né, por favor...

Dayi disse...

ACREDITO QUE O MODELO MAIS PURO DE SE LOUVAR A DEUS, É SOMENTE LER SALMOS... E NAO FALAR SO DE SI MESMO...

ACHO QUE É O SUFICIENTE, AMEI O BLOG E O COMENTARIO SOBRE O LIXO PODRE DE MUSICAS QUE ESTAMOS TENDO NOS TEMPLOS, ONDE OS CANTORES ESTRELINHAS GANHAM MUITO, MAIS MUITOS REAIS EM SEUS BOLSOS COM ESSAS CANCOES SUPERTICIOSAS,, ACREDITE, A PALAVRA SHEKINAH TEM UM PROPOSITO MUITO DMONIACO... PESQUISE..

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada