quarta-feira, 16 de junho de 2010

Uma carta de Satanás

Opa, com licença. Permita-me perguntar a vocês. Deixe-me perguntar uma coisa. Quantos de vocês aqui me servem? Levante a mão. Qual é, não machuca, levanta a mão. Não sejam tímidos. Vamos lá!

Tudo bem. Deixe-me fazer diferente. Quantos de vocês já mentiram alguma vez? No passado longe, ontem, hoje... quantos? Levantem a mão. Ok, se você não levantou, está mentindo agora, então levante a mão, anda! Ok, é justo.

Quantos de vocês já trapacearam? Já enganaram alguém? Vou facilitar... quantos já pescaram no colégio? Enganaram o namorado, a namorada? Foi esta semana? Hoje? Oh! Ah, foi enquanto esta aqui? Tá bem.

Quantos de vocês desobedeceram seus pais? Também levante a mão. É, todo mundo já pensou que você desobedeceu uma vez, ou até sabem. Quanto de vocês já fizeram brincadeira de mal gosto com alguém? É, chamaram de apelido, ficou ali falando: “Olha o cabelo dela, olha a roupa dele.. hahaha.” Levante a mão! É o besta sentado aí ao lado, né? É lindo.

Quantos de vocês... atenção nessa! Quantos de vocês, realmente, servem a mim?

Ok, tudo bem. Mas só uma coisa... a verdade é que vocês falaram alto! Viu? É disso que estou falando. Há alguns minutos atrás você mentiu com as mãos erguidas ou falou a verdade com as mãos erguidas. Eu vi que vocês mentiram, trapacearam. E fiquei assim sem entender, porque... esse comportamento não pertence ao seu Senhor! Eu sei pouco, mas eu acho que isso não glorifica a Ele! Tô errado? Não, não... e você vai à igreja, senta e pensa... que está salvo. Eu tô fazendo entender? Você pensa que ir à igreja, cantar alguns hinos de adoração, ficar alegre por causa de Jesus... você acha que isso importa? Você entra lá... e continua... a ferrar tudo.

Sabe, eu não sei se você está ciente disso, mas você só tem duas opções. Ou Ele... ou eu! Agora me responda... não, não. Só pense mesmo, não quero envergonhar ninguém. Só pense com você mesmo. Quando você não está servindo a Ele... quem você serve?

Original de One Time Blind e traduzido por Thiago Matso

4 comentários:

ministério Haigós disse...

muito bom o texto para nossa reflexão...
A nossa vida tem que estar em continuo aperfeiçoamento.
Deus abençoe

RokikOgo disse...

Na real a gente deveria se preocupar menos se estamos agradando ou desagradando a satanaz, e começar a se esforçar para agradar a Deus, afinal é a Ele que prestaremos contas, não ao acusador, e quanto a mentir, ou cometer pecados, ainda somos carne e estamos sujeitos as fraquezas da carne, pórem (aí vem a benção), temos um advogado que já pago uo preço de todos os nossos pecados, Jesus o nosso Senhor, a Ele a Glória para todo sempre....

@MatsoThiago disse...

@RokikOgo

O problema é que você não entendeu o que foi transmitido. Que pena.

lui disse...

Ao aceitarmos Jesus fomos por Ele santificados.Mas
a santificação não é apenas um ato é também um processo.É no dia a dia ,é de glória em glória.E
não há meio termo.Não podemos ficar em cima do muro.Se somos Seus filhos temos que nos parecer com Ele.POis que filho há que não se pareça com seu pai?Ele é Santo então sejamos santos.O mais é
enrolação,é justificativa tola.

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada