segunda-feira, 21 de junho de 2010

Brasileiro, um povo patriota?

Thiago Matso

É poca de Copa do Mundo, de enfeitar as ruas e avenidas. Juntar a família e fazer uma festa assistindo o jogo da seleção. Vestir a camisa tão desejada verde e amarela. Sentir aquela emoção de ver o Brasil em mais uma copa. União de todo o povo brasileiro.

Só se vê “patriotismo” do povo brasileiro em época de Copa do Mundo ou de amistoso da seleção. E quando falo em patriotismo, falo de vestir a camisa da seleção, falar bem do país, se entregar de corpo e alma pelo país que você vive. E estamos vendo isso todos os dias? Não!

Em qualquer filme que você assistir de Hollywood, verá uma bandeira dos EUA, nem que seja na ponta do carro ou estampada na blusa de algum personagem. Já percebeu que os super heróis dos EUA tem sempre, em seus uniformes, as cores da bandeira? Homem Aranha, Super Homem, Mulher Maravilha, Capitão América… Eles tem orgulho de mostrar que são daquele país! Que ama a sua nação! E nós? Nossos supostos super heróis eram para ser os políticos, mas eles se transformaram em vilões. Meu super heroi é Jesus, só!

Pessoas só vestem a camisa do Brasil em época de jogo. Só defendem o Brasil quando se fala de futebol e carnaval. Mas querer o bem para o país, aí não, né Zé? Brasil, mostra tua cara! Esquecemos que quem faz o país é o povo. E eu vendo, meia noite, as pessoas enfeitando as ruas, pintando paredes com os mascotes da Copa, as mesmas que tem que acordar de madrugada para trabalhar. Percebo que não sou tão patriota assim. Ainda bem!

E podemos trazer essa reflexão para o meio cristão. Pessoas que só são santinhos quando é dia de culto, que só sabem tratar o próximo como a si mesmo, dentro da igreja, mas quando sai do estacionamento e alguém tranca seu carro, o palavrão corre solto. Só defende Jesus e usa suas palavras de efeito em roda de teólogos, mas em uma mesa de festa com os amigos, bebendo, só sabe rir e dizer: “Não, não bebo porque não gosto!” É, Zé? Da mesma forma que Jesus não gosta de sua atitude covarde.

Desculpa o desabafo, essa coluna era para ser bem humorada, mas é que com toda essa excitação de Copa do Mundo, fiquei zangado. (ui)

É assim que vivemos. Vivemos de máscaras. É melhor ter uma boa reputação no meio do povo, do que parecer um careta!

E vamos que vamos!

Volta, Jesus!

Thiago Matso que está revoltado com o falso patriotismo do povo brasileiro

3 comentários:

lui disse...

MARANATA! Que Ele venha logo!O joio gasta vez mais
tem se misturado ao trigo.E muitos estão deixando
se influenciar.Urge que Ele venha.Também que venha
primeiro o Avivamento,para que muitas almas se ren
dam aos pés Dele e assim haja uma grande colheita.
Anseio pelas últimas chuvas.

João Paulo Fernandes disse...

Boa Thiago! Mandou ver!

@MatsoThiago disse...

Devemos estar preparados para o dia que nem Jesus sabe que virá, somente Deus!

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada