sexta-feira, 25 de junho de 2010

Ana Paula Valadão - Embriagados pelo Espírito Santo (?)

A líder do ministério de louvor e adoração Diante do Trono, Ana Paula Valadão, publicou ontem, dia 7 de junho, um novo texto em seu blog oficial. No texto, Ana conta experiências que tem passado junto do Ministério e como Deus os tem feito retornar a coisas antigas.

Ana conta de experiências do passado e presente que marcaram a vida de todos do Diante do Trono nas duas últimas cidades em que eles se apresentaram: Londrina e Presidente Prudente.

Uma história em especial sobre Londrina é muito curiosa. Ana conta que no início da história do Ministério Diante do Trono, uma apresentação nesta cidade foi muito especial, chegando a ter, ao final, palmas de 12 minutos ininterruptos para louvar a Deus. Ela contou ainda no texto que sentia que a experiência com Deus era densa e que, ao receberem a notícia que seu vôo tinha sido cancelado, os integrantes do ministério se reuniram no saguão do hotel e lá oraram. Ana Paula Valadão conta que durante este momento sentiam-se como estivessem embriagados – efeito, segundo a cantora, da palpável presença de Deus. Um dos membros do ministério, inclusive, teve de ser carregado para entrar no avião: “Digo isso literalmente, pois alguns de nós foram tão cheios do Espírito, como um dos nossos trompistas, que teve que ser sustentado para entrar no avião, e de óculos escuros, porque estava completamente bêbado! Tínhamos receio de que não o deixassem entrar no vôo, mas deu tudo certo!”.

O texto ainda mostra como o diante do Trono apresentou-se em Presidente Prudente. A cantora fala que tudo começou a partir de uma fraude – um homem apresentou-se como representante do Diante do Trono e marcou lá um show. A verdade apareceu apenas quando 4mil ingressos já estavam vendidos. Apesar de o próprio ministério ter ido a público para falar que não havia sido culpa do pastor que contratou o evento, muitas pessoas o caluniavam. Um cancelamento de um show em Curitiba permitiu que Ana e o Ministério se apresentassem na cidade. Segundo ela, foi uma evento lindo.

Leia cópia da postagem de Ana Paula Valadão mencionada acima na íntegra:

Londrina e Presidente Prudente
junho 7, 2010

Oi pessoal,

As viagens deste fim de semana foram muito abençoadas!

Ao nos aproximarmos de Londrina o Espírito Santo trouxe ao meu coração que era para voltarmos a marcos antigos, um tempo de renovo da fé. Nesta cidade, logo no começo do nosso ministério, tivemos experiências marcantes com Deus. Lembro-me, por exemplo, de um momento de palmas que duraram 12 minutos ininterruptos ao Senhor Jesus! Sua presença era tão sensível, podíamos como que tocá-Lo, e sem que eu comandasse isso, as palmas e glórias a Deus subiam ao céu sem parar. Foi uma experiência maravilhosa e inesquecível! Também me lembro de um momento em que nosso vôo foi cancelado e então fomos orar juntos, já que estávamos todos prontos, no saguão do hotel. Arrumamos uma sala e ali fomos embriagados da presença de Deus. Digo isso literalmente, pois alguns de nós foram tão cheios do Espírito, como um dos nossos trompistas, que teve que ser sustentado para entrar no avião, e de óculos escuros, porque estava completamente bêbado! Tínhamos receio de que não o deixassem entrar no vôo, mas deu tudo certo!

Desta vez o que vai me marcar a memória foram duas situações que vivi. Uma, foi a visita que fiz `a Prefeitura. O prefeito se converteu ao Senhor Jesus e neste feriado convocou um jejum de 3 dias e 3 noites em seu gabinete. Foi emocionante entrar ali ouvindo os louvores. No gabinete havia pastores e outros irmãos em Cristo e pude louvar a Deus, orar e compartilhar uma palavra com eles, que já estavam ali há quase 24 horas buscando a face do Senhor em favor da cidade. Lembrei-me de outras Prefeituras que já visitei onde o que se via era a consagração a demônios, e outras que já estavam sendo alcançadas pelo Evangelho e as histórias sobre um passado de trevas. Glorifiquei a Deus por poder participar de algo tão lindo!

A segunda experiência marcante foi o momento do apelo. Eu repeti o convite para entrega da vida a Cristo, pois eram tantas mãos erguidas que pensei que as pessoas tivessem se enganado e levantado as mãos sem compreender bem o que eu havia dito. Mas elas voltaram a erguer as mãos, uma verdadeira multidão se entregou a Jesus pela primeira vez ou se reconciliou com o Pai. Foi muito impactante! Eu teria outras tantas para dividir com vocês (como o fato de termos “ensaiado” para Barretos, ministrando em uma arena de boiadeiro; a chuva que ameaçava as pessoas de não irem, mas elas foram assim mesmo!), mas este post ficaria muito extenso!

Presidente Prudente foi um presente de Deus! Eu estava especialmente feliz por Deus ter nos ajudado a reverter algo terrível que tinha sido feito pelo inimigo ali. Uma pessoa se passou por representante do DT e fechou um contrato com um pastor para fazer um evento nosso. Já haviam vendido 4 mil ingressos quando ficamos cientes do golpe e ligamos para o pastor, que chorou muito. Devolveram todo o dinheiro. Ele foi caluniado na cidade, e até escrevemos uma nota no jornal para justificá-lo, mas sabemos que infelizmente seria difícil para ele recuperar-se de todas as consequências. Ele e seu filho, que é querido por ser ex-aluno do CTM, trabalham com crianças carentes, o Projeto Esperança, e um dos propósitos era levantar recursos para o Projeto. Quando o produtor do evento de Curitiba nos ligou dizendo que estava com dificuldades, Deus nos ilunimou e passamos a data disponível para Presidente Prudente. Foi um presente de Deus! O evento foi lindo, e me marcou também termos ficado tão próximos das pessoas, pois o palco foi montado perto das arquibancadas em um estádio de futebol. Parecia uma “parede humana” `a nossa frente, e as pessoas estavam com o coração muito aberto para Deus!

Agora é continuar com os preparativos para a gravação. Por favor, nos ajudem orando por nós e abençoando as nossas vidas!


Comentário: Eu, Avelar Jr., particularmente, não dou cabimento a essa espécie de testemunho de embriaguez porque: 1- tenho a Bíblia como único e suficiente fundamento e regra de fé e prática (2 Tm 3.16-17; Hb 4.12; Jo 15.26; Jo 17:17); 2- esse tipo de evento não se coaduna com o exemplo que Cristo e os apóstolos me dão para seguir; 3- há um imenso e claro contraste entre o caráter e a ação de Deus Espírito Santo e os efeitos causados pela embriaguez etílica (Ef 5.15-21); 4- não edifica em nada a minha fé em Jesus Cristo nem me traz proveito espiritual algum (1Ts 5.21).

Experiências não são padrões ou fundamentos para edificação e regramento de nossa fé. Se experiências místicas e milagrosas que destoam da Palavra de Deus, do caráter cristão e da mensagem do evangelho forem tidas como aprovação de Deus, então teremos que aceitar como em consonância com a vontade de Deus as curas atribuídas a "santos" e outras entidades, que atolam mais e mais as pessoas no engano e na idolatria, sem contar que abriremos um grande precedente para se aceitar como de Deus qualquer coisa, inclusive os milagres que serão feitos pelo anticristo e seus demônios, patrocinados pelo engano - dos quais a Bíblia já nos adverte. (Mt 7. 22-23; 2Ts 2.9-12; Mt 24.24) - Em suma: escolhendo entre a Bíblia, que é a Palavra de Deus e não muda, e qualquer outra coisa... moda, experiência, revelação... que possa aparecer, eu fico com a Bíblia.

Atenção, antes que venham me julgar por "frio", "blasfemo" e "incrédulo": Deus continua sendo o meu Deus, maravilhoso, soberano, presente e todo-poderoso. Mas não podemos esquecer que existe muita carnalidade, gente que se aproveita das outras, pessoas sinceramente enganadas, pessoas incrédulas e farisaicas cuja fé só se sustenta se virem milagres todos os dias, mesmo que sejam milagres forjados, efeito placebo da fé sobre alguns e atos diabólicos que tendem a enganar os eleitos. Sejamos prudentes como os nobres bereianos (At 17.11)!

Veja também aqui no veshame: Deus não é cachaça!

5 comentários:

Teóphilo disse...

Sabe que estou contigo e não abro, né? Daqui a pouco devem chegar os mortos-vivos valadetes para te criticar...

O Senhor nosso Deus, que nos dá o Espírito Santo e não álcool, seja contigo!

João Paulo Fernandes disse...

Teóphilo

Só eu sei as esquinas que passei por causa daquele estudo elaborado por vc sobre o DT. E depois de tanto tempo essa mulher ainda continua aprontando!

Daniel Jr disse...

Antes que os valadetes cheguem, me junto aos irmãos: CALA BOCA ANA PAULA VALADÃO!

Avelar Jr. disse...

Ah!

E eu já "profetizo" que vai aparecer alguns valadetes para me esculhambar (me julgando) por eu "julgar" e mencionando, acima de qualquer suspeita, que "não está aqui para defender o DT" - nem que não o faça aqui no blog.

Eu já até me acostumei com essa baixaria, e eu confesso que dificilmente vejo coisas assim de pessoas "do mundo".

Até ameaça de espancamento vinda desse povo "profético" (não do DT, claro, que tem ética e sabe interagir com discordantes; mas dos valadetes) eu já recebi! :D É muita unção... de peroba!

Valeu, Teófilo!

@MatsoThiago disse...

Que venham os valadetes! =)

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada