sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Ó Benjamim!


Dêem o grito de guerra em Bete-Áven; esteja na vanguarda, ó Benjamim (Os 5.8)

Só pode ser a graça de Deus! Colocar a tribo de Benjamim na vanguarda, na dianteira da tropa, é algo fantástico! É uma manifestação inequívoca da capacidade perdoadora de Deus. Pois nos arquivos históricos de Israel havia o registro de uma tragédia ocorrida na época pré-monárquica que causou a morte de 40 mil israelitas e 25 mil benjamitas, tudo por culpa da tribo de Bejamim (Jz 20.1-48). O núcleo dessa guerra civil foi o crime sexual cometido em Gibeá, quando uma mulher que estava de passagem foi violentada por vários homens numa só noite até morrer (Jz 19.22-30).

Só a misericórdia divina explica por que o Senhor ordena: “Esteja na vanguarda, ó Benjamim”. Só a misericórdia divina coloca o nome de Tamar, Raabe e Bate-Seba na genealogia de Jesus (Mt 1.3-6). Só a misericórdia divina pode dizer três vezes a Pedro depois da tríplice negação: “Cuide dos meus cordeiros” (Jo 21.15-18).

Tenho e terei plena consciência de que as misericórdias do Senhor são inesgotáveis!

Retirado de "Refeições Diárias com os Profetas Menores" (Editora Ultimato, 2004).
 

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada