domingo, 20 de setembro de 2009

Ainda sobre o caso do SÊMENarista - Segunda carta enviada (continuação)



Para que o leitor posso entender o caso completo, sugiro que leia a primeira carta enviada. Clique aqui


From:

To: contato@caiofabio.com

Sent: Wednesday, September 16, 2009 7:59 AM

Subject: Como agir segundo Jesus?


Amado Pastor!

Paz seja contigo e toda sua casa!
Com muita alegria vi sua resposta. Confortou meu coração.Minha noite foi em claro, são 7:20h da manhã e não dormi um segundo.
A resposta a minha carta que foi postada em seu site, repercutiu muito.
O pastor da denominação leu e identificou que a moça sou eu. Ele e o meu ex vieram aqui em minha casa ontem à noite e me fizeram ameaças.
Disseram que eu jamais me sairia bem dessa... caso fosse à Polícia... e tivesse a sua ajuda. Disseram também que eu devia me preocupar com minha saúde e a do meu filho... porque acidentes podem matar a mãe e o filho que ela carrega no ventre. Disseram que o senhor só quer desmoralizar as igrejas evangélicas, e que eu daria a faca e o queijo em suas mãos caso levasse o fato à Polícia.
Depois que eles foram embora, meu telefone não parava de tocar; minha amiga da denominação também veio a minha casa... Enfim a noite foi em claro e repleta de ameaças.
Estou na casa da amiga que me socorreu no dia da violência. Ela é o meu "anjo da guarda"... Está me dando colo e atenção.

Estamos providenciando minha mudança. Vou viajar para casa de parentes dela no interior... Também tenho a opção de me mudar para dois outros lugares...
Enquanto isso não acontece, não vou voltar mais sozinha para minha casa... Ficarei escondida... Só voltarei a minha casa acompanhada e para resolver tudo da mudança.
Vou trancar minha faculdade, pedir demissão do meu emprego, vender o pouco que tenho aqui, entregar a casa à proprietária e mudar dessa cidade...
Hoje vou saber como proceder... Quero saber como denunciá-lo e manter minha integridade física e a do meu filho. Temo sim pela minha segurança... Eles são de uma denominação rica e muito influente em todo o Brasil.
Jamais jogaria meu filho fora... Nunca passou em minha mente cometer aborto. Mesmo no desespero de não ter como criá-lo (meu salário é R$625,00), nunca iria deixar de acolhê-lo e tentar criá-lo de acordo com o evangelho que o senhor me apresentou.
O evangelho que me salvou da dor, dos medos, das culpas, do "deus" vingativo e malvado que os religiosos me apresentaram.

Hoje estou convicta que Jesus me ama e também ama o fruto de meu ventre. Sei que esse fruto foi gerado por Ele com muito amor, e esse amor que quero transmitir ao meu filho desde agora que ele está em meu ventre, até o fim dos meus dias.
Tenho fé que Jesus me ajudará, ou melhor, já esta me ajudando com seus conselhos amorosos e com essa minha vizinha, que é um canal de graça na minha vida. Ela me tomou como uma filha e está me ajudando como jamais eu poderia agradecer!

Apesar de toda dor que esse rapaz me fez e esta fazendo passar, ele está perdoado e sempre estará em minhas orações. Espero que Jesus tire a cegueira da religião e traga sobre ele a luz do evangelho que nos livra de todas as trevas.

Ao senhor, amado pastor, meu muitíssimo obrigado, meu carinho, respeito e gratidão.
Espero um dia vê-lo... E que nesse dia eu esteja com meu filho nos braços!...
Que Jesus sempre seja com seu espírito
Um beijo muito carinhoso.
Sua filha que muito te ama,


Resposta:

Minha filha querida: Graça e Paz!

Há várias pessoas se oferecendo para ajudar você, e, de modo muito especial, um casal de amigos de São Paulo.

Vi, entretanto, que o amor de Deus a cercou de anjos...

Louvado seja Deus por isto!

No entanto, relembro a você que seja em que direção for..., você tem meu compromisso de que não estará só em nenhum processo... no qual humanamente possamos estar ao seu lado.

Portanto, acione-nos conforme lhe seja melhor..., se for o caso.

Eles estão dizendo que quero desmoralizar a “igreja evangélica”...

Meu Deus! O Sêmenarista estupra, o pastor esconde, as crentes aconselham a deixar pra lá..., ameaçam..., e, depois, eu é que quero desmoralizar a “igreja evangélica”!?...

Essa “igreja” que eles defendem e apresentam a você não existe para Deus, posto que seja apenas uma confraria mafiosa...

Não os tema!... Sim, não os tema nem por um momento...

Pense nas alternativas que lhe dei na carta menor que lhe enviei hoje cedo... Todas estão à sua disposição...

Fique em paz... Sua libertação em Jesus não tem volta...

E mais: você está semeando grande fé, cheia de muita intrepidez e ousadia no Senhor!

Estou aqui. Você sabe.


Nele, com todo amor e respeito pela doçura de sua alma e pela firmeza de sua fé em Jesus,


Caio

16 de setembro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF

Fonte: Site do Caio Fábio

4 comentários:

Cidinha disse...

Hum, não sei pq eu não comsigo acreditar nisso? estou achando essa história fantasiosa demais,ou será que estou vendo com preconceito?,me perdoem se for isso

AMANDA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AMANDA disse...

Cidinha, tbm estou com os 2 pés atrás nessa história. Fiquei com uma forte impressão de que foi escrita pela mesma pessoa. Para mim, a escrita é como uma impressão digital... Quem tem faro percebe semelhanças ou dissonâncias. As duas cartas tem vocabulário parecido, tem uma atmosfera parecida, uma forma de pontuar parecida... não quero julgar. Pouco sei de Caio Fábio, assim não atribuo crédito ou descrédito a pessoa dele. Mas a impressão que fiquei é forte.

João Paulo Fernandes disse...

Cidinha e Amanda

No início também pensei que seria história fantasiosa, mas as próximas cartas enviadas dão um tom de veracidade ao assunto.Aguardem.

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada