domingo, 16 de agosto de 2009

Se a TV é do cão, qual é o canal preferido dele?

Nesta semana todos acompanhamos os acontecimentos relacionados com a guerra dos gigantes da comunicação brasileira, a Rede Record e a Rede Globo.

De um lado, a Globo trouxe para a TV - e com grande destaque - a notícia já veiculada em vários jornais de que a Igreja Universal do Reino de Deus fora denunciada pelo Ministério Público por vários crimes como lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e ocultação de bens com a ajuda de empresas fantasmas, além de desviar o dinheiro das contribuições da Igreja Universal para a compra de empresas jornalísticas e bens particulares em detrimento da própria instituição, valendo-se da religião como pretexto para lucro e da isenção de impostos que têm os templos de qualquer culto.

Nas matérias, além de manchetes e trechos dessa pauta publicados em outros veículos de informação, a Globo utilizou imagens de fiéis doando dinheiro em cultos da Universal e de Edir Macedo treinando seus pastores para obter doações de fieis em tom de escánio da fé alheia - as mesmas imagens que Edir Macedo tentou judicialmente obrigar o Google a retirar do YouTube

Por outro lado, a Record defende-se afirmando a legitimidade das ofertas dos fieis e a confiabilidade da Igreja Universal, e alega que os ataques desferidos são fruto da perda de audiência e, portanto, perda do monopólio da informação por parte da Globo, que teria de obtido financiamento público ilegalmente para a construção do Projac (prédio onde esta grava grande parte de seus programas), apoiado a ditadura militar, manipulado a opinião pública, citando casos clássicos como os de Brizola e de Fernando Collor, além de acusar a família Marinho de falsificação de documentos.

Agora tudo foi lançado no ventilador e a baixaria está generalizada. É hora de expor os esqueletos do armário do adversário e esforçar-se por evitar inutilmente que a própria reputação não seja danada em contrapartida. O fato é que ambos os concorrentes são podres, sabem disso, e a guerra está aí.

Infelizmente o que está acontecendo em termos de guerra midiática não vem de um arroubo de preocupação genuína dessas emissoras com o povo brasileiro, mas de uma sórdida disputa de interesses financeiros. Nada mais imoral que isso. Não fosse a gana por dinheiro, poder e influência desses dois demônios em conflito, a população poderia ser roubada até da própria alma que eles não estariam nem aí.

Assim, não importa quem ganhe essa batalha vil, da qual somos espectadores, a corrupção e a mentira continuarão por aí, sempre prosperando, seja no âmbito governamental, jornalístico ou religioso. Mas, pelo menos, a gente agora pode tirar proveito de conhecer algumas verdades antes omitidas por total falta de escrúpulos dessas empresas e abrir os olhos para não sermos tão crentes em qualquer coisa ou pessoa. Um pouco de desconfiança e ceticismo de vez em quando não fazem mal a ninguém. E nesse caso, então...

[Dizem as más línguas que Sílvio Santos não entrou nesse balaio de gatos ainda porque a Record já comprou "Pica-Pau" e "Bela, a Feia" (convenhamos: esta é da Televisa, a antiga paquera do SBT e a mesma produtora mexicana do Chaves; "Bela" é mais do mesmo gênero novelédia pastelão barata de mulher embarangada que fica bonita no final), e se o Bispo , que já anda arrastando asa para a Televisa, comprar "Chaves", o SBT vai à falência, já que não tem outra coisa para a gente assistir. "E todo cuidado é pouco nesse momento, não é, patrão?"

"É isso aí, Lombardi!"]

sem sucesso.

Torçamos para que justiça seja feita dessa vez e que os responsáveis punidos, porque, caso as denúncias apresentadas pelos dois lados estejam corretas, o povo brasileiro já sofreu, além de um grande prejuízo espiritual e intelectual, um enorme dano financeiro que precisam ser (e dificilmente serão) reparados.

E hoje à noite esta dupla de pugilistas que lutam entre si (e contra nós) vai ter outro "assalto". ;)


Por Avelar Jr.
Também publicado no blog Não, Obrigado!

2 comentários:

REGINALDO A. D. SANTOS disse...

PELA PÉSSIMA PROGRAMAÇÃO, VOLTADA PARA SENSUALIDADE, VIOLÊNCIA, ENGANAÇÃO E MANIPULAÇÃO, A RECORD GANHA DE TODAS! SE ERA SUPOSTAMENTE CRISTÃ ANOS ATRÁS, COM EXIBIÇÃO DE FILMES BÍBLICOS (COMO "INFERNO EM CHAMAS"!) EM SESSÃO DE DOMINGO (PASSAVA ATÉ AQUELES CLÁSSICOS BÍBLICOS ANTIGOS), DE UNS TEMPOS PRA CÁ, ESTÁ MUITO PIOR QUE AS OUTRAS, MOSTRANDO QUE ESTÁ À SERVIÇO DA IMPLANTAÇÃO DO REINO DO ANTICRISTO (O MACEDÃO ATÉ QUER CONSTRUIR UM NOVO TEMPLO DE SALOMÃO, JÁ IMAGINARAM, O ANTICRISTO VINDO AO BRASIL NA INAUGURAÇÃO...BRINCADEIRA!).
POR FAVOR, DIVULGUEM MEU BLOG:
www.jesusvembreve.blogspot.com
DEUS ABENÇOE!

UltraJohnnÿ disse...

Pra mim a TV é um antro de televilusões... difícil ter algo bom... mas o q mais me espanta é a cara de pau do Macedo de chamar a Globo de instrumento do diabo, ao passo q a Record está cheia de novelas com valores distorcidos e muita sensualidade... ¬¬

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada