terça-feira, 21 de julho de 2009

O Pica-pau Gospel



U
m dos personagens mais marcantes dos desenhos animados, o Pica-Pau, foi criado por Walter Lantz na década de 1940. A primeira versão era muito perversa e psicótica ficando conhecida como Pica-Pau louco, coisa que não mudou muito ao longo destes anos. Ele é um personagem experto, falante e atrevido tendo como marca principal uma gritante e inconfundível gargalhada. O personagem costuma agir sozinho a não ser em alguns episódios que ele aparece contracenado com o seu cavalo Pé de Pano. Mas divertido mesmo é ver ele atormentando Dooley, o vagabundo, que costuma aparecer nos desenhos como um vilão do Velho Oeste. Esperto e trapaceiro, ele leva vantagem em tudo mesmo que seus adversários pareçam possuir todos os poderes do mundo, e para isto ele usa de qualquer artifício que lhe vier à mente.


Numa época em que os desenhos costumavam passar uma mensagem positiva e educativa, o pássaro quebrou todos os tabus com histórias repletas de menções ao tabagismo, ao sexo e ao alcoolismo, tendo com isto problemas com a censura.

Fala-se também, que o Pica-Pau foi um deus destronado por Júpiter, pois o seu prestígio remonta a uma época proto-histórica, anterior as civilizações romanas e gregas.

O Pica-Pau era honrado como um pássaro profeta, porque era a metamorfose do rei Picus, célebre por seus dons de adivinhação. Guiava os viajantes nas estradas e voava para caverna de Remo e Rômulo trazendo alimentos e era ainda o pássaro sagrado de Martes-Ares, deus da guerra. De coadjuvante ele passou a ator principal tendo o seu próprio desenho, no meio da criançada o sucesso é absoluto.

Heh-heh-heh-HEH-heh!!!
Heh-heh-heh-HEH-heh!!!
Heh-heh-heh-heh-heh-heh-heh!!!

Usei o personagem para mostrar como líderes religiosos estão tratando o evangelho hoje e quais as táticas que estão sendo empregadas para arrebanhar pessoas para dentro de determinadas igrejas. O Pica-Pau é uma ficção criada pela imaginação humana para distrair as pessoas com suas artimanhas e suas peripécias, coisa que ele sabe fazer muito bem. Infelizmente no meio evangélico hoje, a propagação dos pássaros artistas se multiplicaram de tal forma que basta dobrar uma esquina e lá está ele transvestido de Pastor, Bispo, Apóstolo ou Reverendo com uma lábia incomum, persuadindo os incautos a aderirem de corpo e alma as suas armadilhas religiosas. Levar vantagem está estampado em cada propaganda que estes produzem, pouco importa se há ou não verdade naquilo que anunciam, o importante é tirar do povo tudo que for possível em se tratando de dinheiro. O objetivo único é o lucro e quanto mais for depositado no altar, melhor.
A concorrência que se cuide, pois as táticas são sempre de ataque maciço aos adversários, o poder de solucionar problemas é usado como arma demolidora para derrubar a concorrência. O Pica-Pau é perverso, sujo, sagaz, trapaceiro, astuto e tinhoso nas suas investidas, ele faz qualquer coisa para alcançar os seus objetivos mesmo que para isto tenha que humilhar os seus desafetos. A verdade é que também no meio religioso hoje há muitos picaretas empregando as mesmas armadilhas para conquistar pessoas fazendo-as prezas de suas propagandas enganosas que têm como pano de fundo uma mensagem evangélica pirateada do inferno. Iludem o povo, que desesperados pelas circunstâncias da vida ou por interesses voltados para as facilidades, vêem na prosperidade uma forma de se aproximarem dos caminhos de Deus.

O Pica-Pau trapaceia sem nenhum sentimento que envolva caráter, ética, honestidade ou algo parecido, para ele o importante é vencer e conquistar a simpatia do publico que enxerga nele um “Super-Herói” que coloca a baixo um a um todos os seus adversários. No meio religioso hoje o que não falta são os trapaceiros, que em nome de Deus, usam de todos os trambiques possíveis para manter o povão aos seus pés mesmo que para isto muitos morram pelo caminho. As técnicas de convencimento são ensaiadas minuciosamente, o poder de persuasão é apurado, a manipulação de massas é treinada com rigor, é preciso ter segurança máxima na transmissão da mensagem para que não paire dúvidas de que tudo está referendado na verdade e que em tudo há a aprovação total de Deus.

Por trás dos bastidores, as gargalhadas em nada se diferenciam das do pássaro citado no início, pois a certeza de que o ilusionismo alcançou os objetivos propostos está expressa no volume de dinheiro arrecadado e na multidão de desesperados que foram enganados com curas de dores de cotovelo ou de uma dor de cabeça cheia pelos problemas da vida. Para estes os milagres se resumem as migalhas oferecidas em troca de uma grana qualquer, pois só assim, doando alguma coisa, é que terão os seus desejos atendidos. No desenho os fins justificam os meios, o que não é diferente nas táticas usadas em boa parte das igrejas que fundamentam seus ensinos na prosperidade e na vida fácil neste mundo. Para isto vale até exigir de Deus aquilo que se pretende, pois segundo tais líderes, nós temos o direito de cobrar de Deus pela nossa subserviência a Ele.

A multiplicação dos Pica-Paus está a todo vapor e com certeza não correm o risco de entrarem para lista das aves em extinção, até porque os viveiros estão sendo instalados em todas as ruas de nossas cidades e o dinheiro que é o alimento predileto destas aves não falta já que o preço do milagre é apregoado livremente dentro dos tais criadouros. Vende-se de tudo e em nome do sucesso os incautos investem qualquer quantia para se verem livres das aflições e dos problemas da vida.

Precisamos abrir uma temporada de caça a estas aves, do contrário elas se multiplicarão de tal forma que combatê-las será uma tarefa impossível e de custo extremamente elevado para o evangelho genuíno e comprometido com os ensinos de Jesus. As munições que estamos usando precisam passar por uma avaliação minuciosa, pois a eficiência das mesmas está sob suspeita ou então precisamos aprimorar a nossa mira, pois estamos errando o alvo que está diante de nós. O poder de fogo do inimigo está superando as nossas forças e se não acordarmos pra esta ameaça, em breve seremos abatidos, humilhados por aqueles que fizeram do evangelho a bandeira para os seus negócios neste mundo.

Por: Carlos Roberto Martins de Souza
Via: Gospel Prime

5 comentários:

Vander disse...

É impressionante como pastores buscam o mau em tudo.

Agora nem os desenhos animados são perdoados por essa gente que só faz mostrar o mau mas não procura mostrar o bem!!!

Sim!!! Porque em vez de ficar mostrando o lado podre do mundo vcs não mudam o disco e procuram fazer algo de útil para que nossas crianças recebam uma educação mais dígna que o nosso planeta merece. Ficar falando de desenho animado não vai levar a nada eu garanto!!!

João Paulo Fernandes disse...

Vander

É uma pena dizer isso, mas acredito que você não tenha entendido o propósito do texto.

Equipe Plugados com Deus disse...

irmão joao somos do plugados com Deus e gostariamos de saber se é interessante pro irmão trocas de links achamos o seu blog muito interessante e gostaríamos de ter a honra de ser vosso parceiro de luta.
René Montarroyos
plugadoscomdeus.blogspot.com/

Anônimo disse...

joão gostei muito o seu texto,mas o que o vander esta falando é ensima da figura do pica pau,no começo meus filhos até assistiam,mas depois eu estava baixando varios episidios do pica pau e quando eu fui ver um se estava boa a gravação,veio logo o pica pau que se transformava a cara dele e falava que era um motorista endiabrado,fora as coisas que ele faz no desenho que não coisas boas,o subconciente das crianças absorvem tudo isso

DERIVAN vARELA disse...

Na da mídia as coisa são criada com objetivos no mundo sem conhecimento de uma Deus abencoador, é quase todos os desenhos animados tem seu objetivos deste mundo,cabe a nos o qual comhecenos este Deus filtra estes desenhos.E a palavra do Senhor tem as respostas para estes dito homen de deus o qual só querem escravizar pessoas ao seu bel-prazer.

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada