sexta-feira, 12 de junho de 2009

Fim do site Geração Diante do Trono


O GERAÇÃO DT ACABOU

É isso mesmo que você acabou de ler: o site Geração DT termina por aqui, exatamente 6 anos depois de ter começado.

Esse site nasceu como uma brincadeirinha boba de um adolescente de 14 anos, mas acabou fazendo sucesso, se tornou coisa séria, e me possibilitou nesses últimos seis anos viver experiências que eu nunca imaginei que poderia viver: eu conheci gente de todo o Brasil - alguns (poucos) tornaram-se bons amigos. Eu viajei pra muitos lugares do país pra conhecer lugares e pessoas que me descobriram justamente através do site, algumas dessas viagens vão ficar marcadas pra sempre na minha memória! Cheguei a fazer parcerias, e através delas consegui ganhar algum dinheiro e muitas vantagens. Eu passei até mesmo a ser reconhecido em algumas igrejas e eventos, e a ser chamado pelo nome e abordado com carinho por pessoas que eu nunca tinha visto antes!

Esse site acabou servindo como um hobbie, um ministério, um refúgio, um espaço de desabafo quando me faltou uma alternativa ou quando eu simplesmente precisava colocar pra fora algumas coisas que estavam dentro do meu coração. Relendo os arquivos eu posso dizer que um ou outro texto foi fruto da mais solene hipocrisia, mas no geral, nesses anos, eu depositei nesse espaço da Internet a minha essência, o meu coração, o meu entusiasmo, algumas das minhas lágrimas, e o meu empenho para de alguma maneira ser útil para o reino de Deus.

Quem fez tudo isso foi Deus, e ele sondou todas as minhas motivações, e a maior parte delas foram motivações puras e verdadeiras. O Geração DT, no entanto, me deixou um legado que começou a me incomodar nos últimos dois anos: eu passei a ser conhecido por ai como o "garoto Diante do Trono", o "Valadete-Mor", o "fã do DT mais famoso do Brasil, coisas que as pessoas não diziam por maldade, mas que não me causavam tanto orgulho quanto elas imaginavam que causava. Fui eu que provoquei isso primeiro, e é bem verdade que o Diante do Trono fez a minha cabeça durante os últimos 11 anos (e ainda faz). Eu cresci ouvindo as canções deles, e elas foram importantes e presentes em muitas situações que eu vivi, elas fazem parte da minha vida sim. No entanto, quem me conhece um pouco mais de perto sabe que a minha identidade não é essa! Quando você é adolescente existe uma necessidade natural de encontrar um espaço no mundo, uma identidade, um lugar aonde as pessoas olham pra você e te admiram. A Internet e o Geração DT de alguma maneira me possibilitaram isso, mas acabou.

O meu maior desafio ultimamente têm sido deixar de lado hábitos e ranços da infância e da adolescência extremamente prejudiciais pra mim. Algumas dessas atitudes que preciso deixar parecem até pequenas e bobas, mas elas têm me trazido muita reprovação e me causado muito sofrimento. Essas mudanças precisam acontecer com alguma urgência, e a minha maior meta nesses dias é ser e me tornar reconhecido como um homem de caráter, não simplesmente uma imagem remota e ideal de caráter cristão, mas eu quero ser genuinamente uma benção para os meus: para a minha mãe que a cada dia precisa mais de mim, para a minha família, para a minha igreja local, para os meus amigos, para os meus colegas de trabalho e universidade, para a mulher que Deus está preparando pra mim. Não tem mais lógica nenhuma ser "uma benção" para alguém no Acre que lê os textos, e não ser para os que estão perto.

Devo perder audiência, devo perder vantagens, oportunidades de viagens e paparicos, mas definivamente chegou o tempo de sepultar a adolescência de forma radical, e nessa fase de mudanças o Geração DT deixou de ter sentido. Recentemente um amigo me disse pra eu não acreditar nessa "vida virtual" cheia de maravilhas e viver com os dois pés no chão. Uma outra grande amiga diagnosticou numa conversa muito séria que eu estou me cercando de pessoas que me só me aprovam, e isso não é bom. É tempo de mudanças radicais.

A você que esteve comigo todo esse tempo, o meu muito obrigado! Eu só tenho 20 anos e tenho uma vida inteira pela frente, mas vocês foram uma marca da minha adolescência, e podem ter certeza que vou levar pra toda a minha vida as coisas positivas que aprendi por aqui, lembrarei de alguns de vocês por toda a minha vida, nutrindo a mais doce das esperanças: a de um dia encontrar com Jesus e estar em comunhão eterna com todos os irmãos com os quais cruzei na estrada da vida.

Vou continuar escrevendo textos, e pretendo começar em breve um novo Blog cristão, mais modesto e bem simples, sem badalações. Estou pra registrar o domínio e devo começá-lo em mais algumas semanas. Se você quiser continuar me lendo, mande um e-mail pra ricardo.regener@gmail.com e assim que o blog novo estiver no ar você receberá um aviso.

NEle, o Princípio, o meio e o fim.

Fonte:Ricardo Regenner

3 comentários:

Anônimo disse...

que chato néh!

Anônimo disse...

ah, mais nao vai mesmo!
ficou gravado no nosso coração...

antonio-markkos@hotmail.com

Beto disse...

Anota aí vaso... betoibp@uol.com.br

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada