sábado, 27 de junho de 2009

Baú da Infelicidade



Há alguns anos atrás havia um programa de auditório no SBT cujo objetivo era divulgar uma marca que hoje está em baixa no mercado, o “Baú da Felicidade”, onde os caçadores de facilidades investiam na compra de um carnê com a promessa de participarem de sorteios onde as portas da riqueza seriam abertas permitindo que os incautos tirassem o pé da lama.


Lembro-me dos tempos em que o homem do Baú, com todo o seu poder de persuasão, nos programas dominicais, levava pessoas de todas as partes do Brasil ao palco, colocava-as numa tribuna e então cidadão orgulhoso de estar diante das câmeras de um canal de televisão em rede nacional contava a sua vida, seus sonhos, suas frustrações e seus desejos. No quadro “A PORTA DA ESPERANÇA” o sujeito era convidado a expor o seu maior desejo e com a abertura da tal porta seu sonho poderia se tornar uma realidade.

Era interessante ver a ansiedade e a expectativa do candidato, não faltavam emoções nem torcida no auditório para que ele obtivesse sucesso no investimento que ele havia feito no tal carnê do “Baú da Felicidade”. Eu achava interessante, chegava até a me emocionar com algumas histórias e a forma dramática como eram relatadas e quando as pessoas não conseguiam ganhar o que queria, via no olhar delas uma ponta de decepção. Lembro-me de muitas pessoas que se tornaram celebridades por ter passado pela PORTA DA ESPERANÇA e realizado o seu sonho.

O Baú fez a felicidade de muita gente, mas outros tantos nunca viram a cor do dinheiro ou do tão sonhado prêmio e seus sonhos viraram pesadelos… A PORTA DA ESPERANÇA engordou a conta do Senhor Abravanel causando anemia psicológica e financeira nos que acreditaram poder, da noite para o dia, mudarem duas vidas.

Mas que relação pode haver entre o CRISTIANISMO e a PORTA DA ESPERANÇA? Não, não há qualquer possibilidade. Pelo menos para nós cristãos que temos um Deus justo e misericordioso, que zela por Sua Palavra, que cuida dos seus e que entregou Seu Filho por amor a nós pecadores, não, não há qualquer afinidade. Mas há quem encontre tais semelhanças nas práticas de ambas as partes, mesmo que muitos não queiram vê-las e eu sou um deles.

Estive pensando esta semana sobre a similaridade entre o animador de auditório e apresentador Silvio Santos e o EVANGELHO DA PROSPERIDADE de nossos dias. Há uma grande semelhança entre ambos e isto não se pode negar. Os dois vivem da exploração da desgraça alheia e de uma proposta irracional que passa pela troca de favores, onde o pagamento em dia das mensalidades pode resultar em benefícios diretos para o cidadão. No caso do Baú era o Banco Panamericano, para os teólogos da prosperidade vale qualquer um banco, conquanto que seja na conta determinada por eles para tais arrecadações. Parece até que a inveja levou os líderes religiosos adeptos da prosperidade a copiarem na sua totalidade as táticas empregadas pelo programa de auditório do Senhor Abravanel para conquistarem e aprisionarem as suas presas. Paga-se o boleto bancário e as coisas tornam-se mais fáceis, a conquista torna-se numa questão de tempo.

Senhor Abravanel, fez fama e dinheiro vendendo o tão conhecido Baú da Felicidade. Era um carnê de pagamento mensal que recompensaria a fidelidade financeira e a pontualidade dos seus clientes com prêmios e mais prêmios. Era a farra dos presentes(?) onde eletrodomésticos, móveis, brinquedos, automóveis e até imóveis eram sorteados entre os que estivessem rigorosamente em dia com o seu carnê.. Sim, bastava adquirir um carnê e pagar todos os meses, RIGOROSAMENTE em dia como fazia questão de frisar o apresentador.

Hoje em dia quantos são aqueles que querem fazer do seu “carnê de dízimo” ou do “boleto bancário” de depósito um carnê do Baú da Felicidade? Quantos são aqueles que, direcionados por seus líderes inescrupulosos e oportunistas, acham que tem algum privilégio ou algum benefício diante de Deus só porque pagam em dia seus dízimos ou suas contribuições? A igreja tem se tornado num clube de investimento, numa espécie de Bolsa de Valores Celestial onde os índices, pelas palavras dos diretores dos pregões religiosos, estão sempre em alta, é lucro certo. Você aplica hoje e pela fidelidade, e somente por ela, amanhã tem bons rendimentos. Sete vezes mais, cem vezes mais, sei lá quanto, tudo depende da sua fé e da sua lealdade (R$). Vale lembrar que a maioria absoluta destes líderes religiosos jamais entraram na fila de um destes bancos para efetuarem qualquer depósito, pelo contrário, só aparecem para sacarem os dividendos de suas promessas duvidosas feitas ao povão. Isto sem falar nos gordos salários que, de uma forma ou de outra, estão garantidos e são os primeiros a serem cobertos pelas ofertas doadas pelos fiéis.

O cristão, motivado pela baixaria que envolve o EVANGELHO DA PROSPERIDADE, tem deixado de lado a adoração, o respeito, a dependência e o amor a Deus para buscar apenas e tão somente bênçãos financeiras, curas, libertação e uma vida fácil. Para alguns Deus deixou de ser Deus e virou mercador, agiota, cambista ou um camelô. Quantos são aqueles que esperam que Deus abra as Portas da Esperança, aguardando ver sua benção, ou seu prêmio ou sua recompensa sendo agraciada. Vão à igreja, servem ao Senhor somente pela gratificação, somente pelas promessas ou pelo prêmio que está em jogo. A morte e o sacrifício de Jesus para nos livrar do pecado e da perdição eterna não tem valor algum, o que querem mesmo são suas “bençãos”, aqui e agora. Sofrimento? Nem pensar!

As pessoas vivem neste mundo materialista de qualquer forma, de acordo com seus desejos, anseios e vontade, desagradando a Deus, dando ouvido a tudo que é besteira que se tem pregado por aí e acham que só pelo fato de freqüentarem uma igreja ou mantiverem a sua fidelidade financeira, Deus tem alguma obrigação em abençoá-los. Tem alguns mais arrogantes e espertalhões que chegam ao cúmulo de “determinar” o agir de Deus. Do alto de seus saltos e de suas prepotências afirmam ter autoridade de Deus para determinarem qualquer coisa na face da terra e o fazem sem o menor pudor, sem qualquer sentimento de humildade. Aliás, orgulham-se do que fazem, e enchem-se de vaidade por terem aos seus pés tantas pessoas desesperadas. Afinal, eles são os donos do BAÚ DA INFELICIDADE ESPIRITUAL, os senhores do poder. O empresário, animador de auditório e apresentador Abravanel tem sim, a obrigação legal de premiar seus clientes, está em contrato. As pessoas pagam para isso. Para ele não importa se o cidadão é um adúltero, um fornicador, um homicida, um corrupto ou sonegador de impostos. Ele quer que eles paguem e para isto ele investe alto nas propagandas. Ele ganha com isso, ficou rico assim. E Deus?

Deus depende de seu dinheiro ou de sua fidelidade financeira? Deus depende de você? De forma alguma. O que Ele quer é o seu coração, seu compromisso, sua santidade e principalmente a salvação de sua alma, pois é ela que irá habitar nas mansões celestiais um dia. Deus não está nem um pouco preocupado se você é rico ou pobre, se mora num casebre ou em uma mansão, pois Ele já proveu um meio de você ter uma vida eterna, livre do pecado, livre da morte, da maldição, do sofrimento. Não aqui, mas na eternidade, com Ele. Deus quer e pode nos abençoar, mas isso por Sua graça e misericórdia, não porque “determinamos”, mereçamos ou “decretamos”, ou fazemos isso ou aquilo. É Ele quem decide. Deus é Deus! É assim que afirma a Bíblia: “Se o Senhor quiser, e vivermos, faremos isto ou aquilo” – Tiago 4:15.

Eu aguardo com ansiedade, como servo de Deus, sim a abertura da PORTA DA ESPERANÇA, mas aquela porta aberta por Jesus, que um dia todo crente salvo, passará para chegar as Mansões Celestes, para uma eternidade com Deus. O meu sonho é de um dia poder encontrar o Mestre e abraçá-lo reconhecendo o seu sacrifício feito por mim na cruz do Calvário. Que Deus, em Cristo, nos abençoe e nos guarde para este grande dia.

Por: Carlos Roberto Martins de Souza
Via: Gospel Prime

3 comentários:

Marcelo e Eunice disse...

irmano faz um banner para nós divulgarmos

abração

e brigado por inserir o nosso

Marcelo ee Eunice

João Paulo Fernandes disse...

Marcelo

Não tenha muita pratica na contrução de banner, mas vou tentar fazer. Abraço!

Jéssica disse...

Ótimo texto!

Deus abençoe vcs!

Abraços!

http://www.ichtusgate.wordpress.com

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada