terça-feira, 19 de maio de 2009

Pastor vende Igreja por não conseguir pagar a luz



Caso foi exposto em audiência pública na Câmara de Vereadores de Caxias. Ampla será convocada para novo encontro com clientes.

Moradores de vários bairros de Duque de Caxias ocuparam ontem a tribuna da Câmara Municipal, durante audiência pública que tratou dos valores cobrados pela distribuidora de energia Ampla. O caso que mais chamou atenção foi o do pastor Mário Rodrigues Lopes, 68 anos, morador de Santa Cruz da Serra. Ele alegou que, para quitar uma dívida de quase R$ 7 mil, teve que vender, semana passada, o prédio onde funcionava a igreja Assembleia de Deus Nova Canaã.
“Depois da implantação do novo sistema de chip, o valor da conta pulou para mais de R$ 600. A única alternativa foi vender o prédio. Recebi um adiantamento, com o qual quitei as contas atrasadas. Agora vou esperar até encontrar outro local para reinstalar a igreja”, reclamou o pastor, que reúne cerca de 40 fiéis.
A audiência colheu informações e documentos que darão embasamento para uma nova audiência pública, que será realizada dia 25, às 9h, com representantes da Ampla.
A Câmara convocou, por ofício, representantes técnicos da distribuidora. Na ocasião será apresentado o relatório final do deputado estadual Paulo Ramos, ex-relator e líder da CPI da Ampla, na Alerj. O presidente da Câmara de Caxias, Dalmar Lírio Mazinho, destacou que os poderes Legislativo e Executivo estão empenhados em resolver o problema.

Fonte: O Dia

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada