quinta-feira, 21 de maio de 2009

Louvor e música em um culto



No último Domingo eu estava em uma das muitas congregações das Assembleias de Deus que existem em minha cidade para o culto noturno, após o início da reunião foram entoados dois cânticos da harpa cristã, que bom, glória a Deus por isto, logo após foi lido um salmo com toda a congregação e após a oração deu-se início às oportunidades para os conjuntos da igreja local, e o primeiro conjunto entoou um cântico que está na moda, o qual não me levou, através da meditação na letra do mesmo, a glorificar a Deus pelo que estava sendo cantado, não havia louvor a Deus na letra, você pode pensar que o problema era comigo, pode até ser, mas logoa abaixo verá a letra da canção. Com tantos cânticos desse estilo até parece que o culto é um lugar para buscarmos bençãos e não adorarmos a Deus!
Sabendo que o que aconteceu no culto onde eu estava presente no último Domingo não é raro em nosso Brasil, peço que repensem o propósito que temos em mente quando nos dirigimos para uma igreja. Vamos porque fomos ensinados que devemos ir e fazemos isso mecanicamente? Nos dirigimos à igreja para encontrar os amigos para após o culto sairmos para a pizzaria? Saímos de casa decididos a adorar a Deus e ouvir Sua doce voz?
Voltando ao cântico abaixo eu transcrevo a letra do mesmo, e nem é preciso um aguçado conhecimento teológico para ver que a mensagem central não diz respeito a adoração ao Deus:

"Algo sobrenatural já esta acontecendo aqui,
O milagre hoje é inevitável e não há nada que possa impedir,
O inferno vai fechar as portas e a unção do céu ira descer,

Glorifica porque o milagre vai acontecer!!!
Vai adorando, exaltando vai buscando,
Porque a benção está chegando,
Eu já sinto que o anjo vem descendo,
vem trazendo a vitória pra você, então glorifica,
Sua vitória vem da glória, vem agora, tá na hora de você comemorar,
Agradecer por tudo o que o senhor te fez e muito mais irá fazer então glorifica...

Glorifica, pois a glória que tu manda não vai pro arquivo,
O anjo esta gravando tudo e transmitindo ao vivo,
O céu inteiro está te vendo então glorifica,
Glorifica porque hoje você vai sair do anonimato
Isso não é teoria é verdade é fato,
Deus está te abençoando então glorifica.

Glorifica porque Deus te deu vitória,
Glorifica, manda gloria lá pra glória,
Glorifica porque o anjo esta gravando
Te filmando o céu inteiro está te vendo agora,
Glorifica porque o céu está aberto,
Glorifica o seu glória é um sucesso,
Glorifica mostra o que é ser ungido,
Você hoje está ao vivo pra todo universo. "

Logo após o conjunto entoar o referido cântico foi cedida a oportunidade ao coral da igreja. Espera-se de um coral , e de todos os conjuntos, que cantem hinos que realmente nos levem a adoração. Mas qual será o motivo de termos tanta cantoria em nossos cultos que não nos proporcionam uma reflexão e um momento de adoração a Deus através da música?
Engraçado que no momento em que o primeiro conjunto cantou ouve grande manifestação do auditório, já quando o coral cantava ouvia-se poucos glórias a Deus.

Mas vamos à letra da canção entoada pelos coristas:

"Quero estar ao pé da cruz,
Que tão rica fonte
Corre franca, salutar,
De Sião no Monte.

Sim na cruz, sim na cruz,
Sempre me glorio!
E por fim, descansarei,
Salvo, além do rio.

A tremer ao pé da cruz,
Graça, amor achou-me;
Matutina estrela ali,
Raios seus mandou-me.

Desta cruz desejo aqui
Sempre recordar-me;
Dela à sombra, Salvador,
Queiras abrigar-me!

Junto à cruz, ardendo em fé,
Sem temor vigio,
Firme, até a Pátria ver,
Santa, além do rio."

Aí sim minha alma se alegrou, não há melhor conteúdo para um louvor que a mensagem da cruz, aliás, sem passar pela cruz, fora de Cristo, não podemos nem afirmar que há louvor a Deus. Fomos chamados para pregar, para anunciar a cruz de Cristo, só ela pode reconciliar o homem com Deus, só ela nos revela o grande amor do Senhor por nós. Penso que Deus não está interessado em nos ver cheios de riquezas e tantas outras coisas estranhas ao Evangelho que tem sido pregadas por aí, Ele quer que sejamos simplesmente servos, que O adoremos, que no culto nos acheguemos a Ele com amor para adorá-Lo e não para pedir, pedir e pedir.

"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem." (João 4 : 23)

Credito:Blog do JP ( que não sou eu)

3 comentários:

Denis disse...

Além de mentir (a foto em questão é da igreja evangélica presbiteriana vila das mercês São Paulo) você usa uma foto sem citar fontes, que é crime.


Segundo, vc fala em sair da religiosidade, só que vc vive nela.

Terceiro, critica e não faz nada para melhorar, vai pra Africa evangelizar, zé povinho

Acorda crente em latado

Thays disse...

Temos visto essa triste realidade em praticamente todas as igrejas. Na comunidade do orkut Este mundo jaz no maligno, tem um tópico só falando desses tipos de "louvores" que de louvores não tem nada. Infelizmente são poucos que param para analisar o que está sendo cantado, por isso poucos percebem as bobagens que cantam.

Abraço

Meire disse...

Eita! Vou colocar em partes:
1º Que bom que não estou só nessa luta de nadar contra a maré gospel;
2º Será que o Denis não quis dizer enlatado? rs - comentário raivoso o dele;
3º Quase não entro no orkut, mas quero participar dessa comunidade citada pela Thays.
Depois passa no meu blog pra ver meu repúdio sobre o louvor aos homens entoados nas igrejas: http://pensareorar.blogspot.com/2009/05/musica-gospel-e-sua-teologia.html

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada