sexta-feira, 27 de março de 2009

Projeto britânico quer autorizar propagandas de aborto


Um projeto britânico pretende autorizar propagandas de clínicas de aborto na TV, além de flexibilizar as regras para comerciais de camisinhas. A medida, parte dos esforços do governo para combater aos altos índices de gravidez na adolescência, já está sendo criticada pela Igreja a por grupos antiaborto.

Anúncios sobre conselhos e dicas para gestantes poderão ser veiculados no horário nobre da televisão ou em intervalos de programas de rádio, exceto durante programações voltadas a crianças com menos de dez anos de idade.

Também será a primeira vez que emissoras diferentes da Canal 4 poderão exibir anúncios de preservativos antes das 21h.

Segundo o jornal The Daily Telegraph, a Agência de Padrões de Publicidade britânica lançou uma consulta pública de 12 semanas para sondar a reação à proposta.

O prazo se encerra no dia 19 de junho, com a implantação das novas regras prevista para 2010.

Fonte: Veja

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada