sexta-feira, 6 de março de 2009

Cair e Rolar é só Começar!



Há poucos anos atrás, determinados acontecimentos em nosso meio seriam vistos e tratados de forma totalmente diferente.

Cair e rolar no “espírito” que hoje expressa santidade e poder, era visto com reservas e quase sempre como falta de equilíbrio.

Não tratar deste tema abertamente é um grave erro, muitos são induzidos a tais atos que, digam-se de passagem, totalmente esquisitos para nossa cultura.

Estas novidades deixam sempre a Palavra como segunda opção, só Ela não satisfaz, não preenche, tem que ter um grand finale!

Precisa rodar pular, cair, babar, etc. o show não pode parar, o Evangelho é pregado como introdução, o místico o mágico a mandinga vai tomando conta do ambiente, o transe vai sendo incentivado, as vidas que vieram sedentas de Cristo, vão sendo desrespeitadas e mais uma vez o templo vai sendo profanado!

O auditório vibra, grita, chora, sai “renovado”, batem palmas e pedem bis!

E assim segue nossa geração, esquecendo-se cada vez mais de como era o culto ensinado por Cristo, uma geração que mais cai do que fica em pé, que mais rola do que anda que prefere fechar os olhos para os verdadeiros valores da Fé.

Seria tão bom se tivéssemos um acompanhamento sério nestas situações, assistir as pessoas envolvidas, ver se o “profeta” é de Deus ou não, fazer prova, documentar testemunhos ou decepções, realizar um trabalho sério, inclusive denunciando falsos “profetas” ou ao menos excluindo estes de nossos púlpitos.

Enquanto isso, a única coisa que normalmente ganham os que caem e rolam, é stress, depressão e uma enorme desilusão.

Ai esta o x do problema, a desilusão normalmente não é com o “profeta”, não é com a “igreja” mais sim com Deus.

Sobra para o pastor local administrar a bucha e não é fácil, porque o profeta, o evangelista ou “avivador” faz o movimento e some, mas as conseqüências ficam.

Não é fácil, porque o surto coletivo já se torna necessário, quando não tem dá aquela impressão de igreja fria, morna e sem graça.

Então como fica? Quem vai pagar o pato e a conta?

O Pato, todos pagam...
A conta... Quem conhece a Verdade a Graça e sabe muito bem que a Palavra é suficiente!

Créditos: Marcelo & Eunice

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada