sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Vejam que veSHAME - Cassiane versus MK




Há tempo que reclamo da nossa música gospel. Primeiro pela pouca criatividade. Há poucas excessões, no geral são "variações do mesmo tema", como diz o nosso saudoso poeta João Alexandre. Em segundo lugar, e principalmente, pelo comércio usando o nome de Jesus. Dizem-se ministros de louvor, mas o que querem mesmo é o diheiro $$$$. Para ter tais "ministros" em nossas igreja precisamos pagar cachês altíssimos. E fora exigências típicas de um pop star: comidas específicas, hotel de luxo, carro com ar condicionado etc.Vamos ao caso...
A famosa gravadora gospel MK está com processo contra a cantora Cassiane, e a cantora contra a gravadora. A cantora disse que Deus lhe deu uma "revelação" através de Marina de Oliveira (Diretora da MK) para ter a sua própria gravadora. Jairinho, esposo de Cassiane, abriu uma nova gravadora - Reuel Music. E Cassiane gravou um novo CD pela gravadora ("Faça a Diferença"). Só que havia ainda o contrato com a MK. Os dois lados não chegaram num acordo. A MK entrou na justiça e conseguiu a proibição da venda do CD.

Veja abaixo a nota explicativa da MK:

A cantora CASSIANE surpreendeu a Gravadora MK e o mercado fonográfico procurando a justiça para rescindir o contrato de cessão remunerada sobre interpretações artísticas que mantém com a mesma.

Antes da decisão oficial da justiça, CASSIANE lançou o CD "FAÇA DIFERENÇA", em dezembro de 2007, em desrespeito ao contrato legal e vigente com sua gravadora.

Valendo-se de seu direito, a MK procurou a justiça para ressalvar seus direitos, o que conseguiu através de liminar exarada pelo Sr. Dr. Juiz de Direito Guilherme Pedrosa Lopes, da 1ª Vara Cível da Ilha do Governador, que ordenou a imediata retirada do mercado do CD "FAÇA DIFERENÇA", sob pena de multa diária de R$ 5,00 (cinco reais) por CD encontrado no mercado.

Ocorre que a artista Cassiane resolveu recorrer da decisão, mas no dia 18 de março de 2008, a 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, manteve a decisão do Juízo da 1ª Vara Cível da Comarca Regional da Ilha do Governador.

Dessa forma, o Grupo MK assegura a seus clientes, colaboradores e ao público em geral que continuará a buscar, junto à justiça, a proteção aos seus direitos contratuais, na espera de que prevaleça sempre, a verdade dos fatos.

MK Music

Pergunta???
  • Será mesmo essa a verdadeira, a perfeita adoração?
  • Mas não é a MK uma gravadora voltada para o louvor e adoração de Deus? Não é Cassiane, assim espero, uma cantora que busca glorificar o nome de Deus? Agora a MK valendo dos seus direitos, esquece totalmente do evangelho que prega o amor ao próximo, o perdão? Estaria Cassiane mais preocupada com o sucesso da sua nova gravadora em detrimento da glória do nome de Deus? Essa novela vai longe!

7 comentários:

Violabrito disse...

Incrível como há tantos evangélicos que ainda chegam a defender a música gospel na inocência de que estes artistas estejam buscando a glória de Deus.

João Paulo Fernandes disse...

Reposta ao Daniel:
"sobre a noticia da cassiane no blog,
como eu ja fui contratado , não vejo nada que seja de outro mundo a recisão de contrato por parte dela . a MK agiu normalmente recorrendo uma quebra de contrato"

No caso de trocar ou abrir sua propria gravadora, também não vejo mal nisso. O problema é o comércio que se faz em torno disso.
Não seria mais importante manter o CD a venda para pregação do nome de Jesus do que questões de direitos autorais? E que história é essa de que Deus deu uma "revelação" para abrir a nova gravadora e agora toda essa confusão? Estaria Cassiane mais preocupada com sua nova gravadora? São questões que surgem.Abraço!

prof_fort disse...

Vejo dois problemas: dois crentes brigando na justiça. Segundo, a quebra do contrato pela Cassiane ao gravar em outra gravadora sem resolver a questão antes. Esse é o problema: cantar no palco é uma coisa, viver o que canta é outra. Por isso reafirmo: Quem canta o evangelho que viva o Evangelho.;

Pastor victor

Anônimo disse...

Basta conhecer a MK pra saber quem está com a razão..

Anônimo disse...

"...a MK agiu normalmente recorrendo uma quebra de contrato".

Anônimo disse...

1 - Que historia é essa de revelaçao de Deus para abrir outra gravadora. A Cassiane nao respeita contrato nao? contrato é para ser respeitado.
2 - A MK agiu corretamente em buscar na justiça o comprimento do contrato, entretanto, levanto os seguintes questionamentos. A) a cassiane nao eh burra, ela tentou algum acordo antes de fazer essa besteira? B)considerando que a cassiane pediu um acordo antes de fazer a besteira, pq a MK nao aceitou?.
3 - Por ultimo, e o Mestre Jesus, Senhor absoluto, Criador, o Alfa e o Omega, O Deus todo Poderoso digno de toda honra e gloria, onde fica nessa historia ?

Laercio Torres

Isaac Vieira Vidal disse...

Só lenbrando que nao ouve quebra de contrato, e sim uma falta de carater da gravadora.

Assessoria Blog Cassiane Noticias

Postar um comentário

Deixe um comentário

 
Pesquisa personalizada